Notícias | Dia a dia
Gauff brilha de novo em NY e vai desafiar Osaka
29/08/2019 às 22h56

Gauff desafiará a líder do ranking mundial no próximo sábado

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Mais uma vez, Coco Gauff brilhou em um Louis Armstrong Stadium lotado e garantiu sua segunda vitória no US Open. Grande destaque em Wimbledon, onde foi desde o quali até as oitavas de final, a convidada norte-americana de apenas 15 anos venceu a húngara Timea Babos, ex-top 30 no ranking, mas atualmente apenas na 112ª colocação aos 26 anos. A intensa batalha de 2h21 terminou com parciais de 6/2, 4/6 e 6/4.

Gauff é a jogadora mais jovem na terceira rodada do US Open desde a campanha de Anna Kournikova até as oitavas de final em 1996. Ela está com o melhor ranking da carreira nesta semana, ocupando atualmente o 140º lugar e já fará 130 pontos com as duas vitórias em Nova York. Com isso, ela fica muito perto de chegar ao top 100, meta ambiciosa estabelecida no fim do ano passado, quando ocupava apenas a 875ª colocação.

O próximo jogo de Gauff, marcado para sábado, será contra a número 1 do mundo e atual campeã do US Open Naomi Osaka. Diante da japonesa de 21 anos, o prodígio do tênis norte-americano tentará sua primeira vitória contra top 10. É muito provável que a partida seja marcada para a sessão noturna do Arthur Ashe Stadium, até porque Osaka só jogou à tarde nas duas primeiras rodadas.

Gauff mostrou ter muita paciência na construção dos pontos durante o primeiro set e escolhia muito bem cada golpe contra uma rival experiente e que sabe variar bem o jogo. Dessa forma, a promissora atleta norte-americana conseguiu sustentar muito bem alguns longos, além de também se destacar por suas devoluções agressivas com o backhand na paralela. Gauff só precisou fazer 4 winners contra 11 de Babos, mas a húngara errou 17 vezes, dez a mais que sua adversária.

O segundo set começou um pouco mais parelho e Gauff não conseguiu aproveitar as duas chances de quebra que teve ainda no começo. Justamente quando a norte-americana tentou apressar um pouco mais a definição dos pontos, Babos conseguiu uma quebra providencial no sétimo game e administrou a vantagem até o fim. A norte-americana terminou o set com 14 winners e 14 erros não-forçados, enquanto a húngara anotou onze bolas vencedoras e fez apenas sete erros.

As duas jogadoras mantinham altíssima intensidade em quadra e o terceiro set continuou equilibrado. Com grande sucesso e experiência no circuito de duplas, Babos buscou um pouco mais a rede e tentou mudar bastante a direção da bola, mas Gauff chegava em quase todas. A norte-americana escapou de dois break points ainda no game de abertura e de outros dois quando o placar estava empatado por 2/2. Em um deles, disparou um ace de segundo saque evitar a quebra. Babos também encarou alguns games longos e salvou dois break points. Vencendo por 5/4, Gauff foi cautelosa e soube esperar por suas oportunidades. A jovem de 15 anos não se intimidou em nenhum momento e conseguiu a quebra definitiva para fechar o jogo. As duas jogadoras terminaram a partida com 32 winners e Gauff cometeu 34 erros contra 41 da rival.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis