Notícias | Dia a dia | US Open
Serena torce o tornozelo, mas vence 99ª jogo em NY
01/09/2019 às 17h11

Serena pode terminar este o US Open com recordes de títulos e vitórias no torneio

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - No dia em que sua filha completa dois anos, Serena Williams conquistou uma boa vitória para se garantir nas quartas de final do US Open. A hexacampeã do Grand Slam norte-americano definiu a disputa contra a croata Petra Martic por 6/3 e 6/4 em apenas 1h32. O que mais preocupa a veterana de 37 anos foi uma torção no pé direito, sofrida quando o segundo set estava empatado por 2/2.

Esta é a 99ª vitória de Serena em partidas de US Open. Ela está empatada com Chris Evert em número de títulos no torneio e pode também alcançar o recorde de vitórias na competição. Evert já venceu 101 partidas ao longo de sua vitoriosa trajetória no Grand Slam norte-americano. Sua próxima adversária será a chinesa Qiang Wang, 18ª colocada, algoz da vice-líder do ranking e campeã de Roland Garros Ashleigh Barty.

Serena já viveu uma situação muito desagradável por conta de uma torção no tornozelo este ano. Em janeiro, durante o jogo contra Karolina Pliskova no Australian Open, a norte-americana virou o pé esquerdo quando vencia o último set por 5/1 e acabou levando uma virada incrível diante da tcheca, que venceu seis games seguidos para vencer o jogo.

A vencedora de 23 Grand Slam ainda persegue o histórico 24º título, feito que a faria igualar o recorde da australiana Margaret Court, maior vencedora em todos os tempos. A atual número 8 do mundo também está em busca do primeiro título no circuito desde que se tornou mãe, há dois anos. Ela já disputou três finais de Slam desde então, duas em Wimbledon e uma no US Open, e também foi finalista no Premier de Toronto, onde abandonou por lesão nas costas.

Em 19 participações no US Open, Serena só perdeu antes das quartas em três ocasiões, a última ainda em 2006. Além disso, ela foi semifinalista nas últimas oito vezes em que disputou a competição. A veterana de 37 anos comemora em 2019 os vinte anos da conquista de seu primeiro Grand Slam, que foi o US Open de 1999. A norte-americana chega às quartas de final de um Slam pela 52ª vez na carreira, ficando atrás apenas de Chris Evert com 54 e de Martina Navratilova com 53.

Serena disparou apenas três aces na partida, mas anotou 37 winners contra apenas 11 de sua adversária. A norte-americana cometeu 19 erros contra 12 de Martic. A croata conseguiu uma quebra ainda no game de abertura, mas depois Serena foi firme no saque. A hexacampeã só enfrentaria mais dois break points no jogo, ambos quando sacava para fechar o primeiro set. Ela definiu a parcial com uma curtinha excepcional. No segundo set, Serena não teve o serviço ameaçado, mesmo depois de ter machucado o pé, e definiu a vitória em sets diretos.

Comentários