Notícias | Dia a dia | US Open
Svitolina encerra série invicta de Keys e faz quartas
01/09/2019 às 21h41

Svitolina havia perdido para Keys nas oitavas de final em 2017

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - A série de nove vitórias seguidas de Madison Keys, entre o WTA Premier de Cincinnati e o US Open, chegou ao fim neste domingo. A norte-americana de 24 anos e número 9 do mundo foi eliminada nas oitavas do Grand Slam nova-iorquino. Melhor para Elina Svitolina, quinta colocada, que marcou as parciais de 7/5 e 6/4 em 1h14 para avançar na competição.

O resultado serviu como uma revanche para Svitolina, que havia perdido para Keys nas oitavas de final do US Open de 2017. O retrospecto entre elas agora está empatado por 2 a 2, sendo que a ucraniana levou a melhor nos dois encontros realizados este ano.

Ainda perseguindo seu primeiro título de Grand Slam na carreira, Svitolina consegue o melhor resultado da carreira em oito participações no US Open. Este ano a ucraniana já foi semifinalista de Wimbledon e chegou às quartas na Austrália. Ela também já fez quartas em Roland Garros em duas ocasiões.

O próximo jogo de Svitolina em Nova York será contra a britânica Johanna Konta, ex-número 4 do mundo e atual 16ª colocada aos 28 anos. A ucraniana levou a melhor em todos os quatro embates anteriores entre elas. Dois desses jogos foram definidos apenas no terceiro set.

Por sua vez, Keys não conseguiu repetir as boas campanhas dos últimos dois anos em Nova York. Ela foi vice-campeã em 2017 e semifinalista na temporada passada. Com duas vitórias a menos em relação ao ano anterior, ela consegue manter apenas 240 dos 430 pontos que precisava defender.

Ainda que Keys seja reconhecida como uma das principais sacadoras do circuito, foi Svitolina quem mais se destacou nos games de serviço. A ucraniana sequer enfrentou break points no jogo e venceu 35 dos 38 pontos com o primeiro saque em quadra. Keys fez 7 a 1 em aces e liderou a contagem de winners por 32 a 10, mas também cometeu 39 erros não-forçados contra apenas 13 da ucraniana.



O primeiro set vinha com amplo domínio das sacadoras, que seguiram até o empate por 5/5 sem enfrentar break points. Svitolina contou com seis erros de Keys para conseguir uma quebra providencial no 11º game da parcial e definiu o set no game seguinte. Depois de colocar 79% de primeiros serviços em quadra no set inicial, Svitolina baixou esse índice de acerto para apenas 59%. Ainda assim, seguia sem ter o saque ameaçado e conquistou uma quebra logo cedo e administrou bem a vantagem. Mesmo em um game um pouco mais longo, quando já vencia por 4/3, a ucraniana não correu risco de quebra, muito por conta dos muitos erros da adversária.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series