Notícias | Dia a dia | US Open
Wawrinka revela surpresa com desistência de 'Nole'
02/09/2019 às 10h59

Nova York (EUA) - O tão aguardado duelo entre o sérvio Novak Djokovic e o suíço Stan Wawrinka, marcado para fechar a rodada noturna do Arthur Ashe Stadium no domingo, acabou antes da hora e sequer teve três sets inteiros disputados. Uma lesão no ombro do número 1 do mundo foi a responsável por forçar sua desistência no começo do terceiro set, após 1h46 de disputa.

“Foi uma surpresa vê-lo desistir, sempre é assim quando você enfrenta um grande campeão. Vi que não estava em sua melhor condição, mas não esperava que fosse tomar essa decisão. Também me surpreendeu ver o público vaiando Novak enquanto saía de quadra”, comentou o suíço, que conseguiu apenas sua sexta vitória em 25 jogos contra Djokovic, mas a quarta em Grand Slam.

Wawrinka explicou que apesar de ter percebido que o sérvio não estava conseguindo desempenhar seu melhor tênis precisou manter o foco na partida, já que o rival do outro lado da quadra era dos mais gabaritados. “Consegui ver alguns problemas nele, mas preferi ficar concentrado no que deveria fazer, pois Novak é capaz de lutar e sabia que ele poderia dar a volta por cima a qualquer momento”, comentou o tenista de 34 anos.

“Da minha parte o mais importante é a forma que estou jogando e me movimentando em quadra. Esta noite mostrei um nível muito alto e espero levar isso para o futuro. Estava me sentindo bem desde o começo e fui melhorando conforme a partida se desenrolou. Estou muito feliz com o nível que mostrei e também por ter saído como vencedor. Lamento que ele tenha sido forçado a desistir no meio”, acrescentou.

Nas quartas de final, o atual 24 do mundo medirá forças com o embaladíssimo Daniil Medvedev, que venceu 18 dos últimos 20 jogos disputados, conquistando o título em Cincinnati e os vice-campeonatos em Montréal e Washington. Será a segunda vez que eles medirão forças e Wawrinka levou a pior no único embate até então, na primeira rodada de Wimbledon em 2017.

“Daniil está jogando um tênis incrível, vem da conquista em Cincinnati e de grandes vitórias nos últimos torneios. Será uma partida interessante. Sem dúvida veremos um grande nível de jogo e estou empolgado por encarar este duelo nas quartas de final”, comentou o tenista de Lausanne.

Comentários