Notícias | Dia a dia | US Open
Frases: saiba o que comentam em Nova York
02/09/2019 às 18h20

“De muitas formas, o tênis ganhou nesta noite, não apenas Osaka. Foi um ótimo momento. Mostrou a personalidade das duas.”
Federer comenta o belo lance de esportividade de Osaka para com Cori Gauff, de 15 anos.

“A forma como ela comportou-se com 15 anos, é incrível. Eu não me lembro de ser assim tão bem-comportado aos 15.”
Federer

“Acho que foi uma ótima maneira de mostrar que os jogadores se importam com os outros neste circuito.”
Federer

“Achei que foi muito fofo e fantástico. É tão importante ter laços, é como uma extensão da família. Fiquei emocionada de ver aquilo.”
Serena Williams.

"No momento, o sentimento é de tristeza, mas também sinto que aprendi muito neste torneio. Acho que os passos que dei como pessoa foram muito maiores que imaginava. Espero continuar crescendo, sei que se continuar trabalhando duro, terei melhores resultados.”
Osaka, após cair diante da suíça Belinda Bencic, cabeça 13, por 7/5 e 6/4.

"Não é o jeito que se quer terminar um jogo. Sinto muito por Novak. Ele é um amigo e um grande campeão. Travamos algumas estupendas batalhas durante toda a minha carreira."
Wawrinka

"Tem sido difícil desde a cirurgia. Levou dois anos para voltar a este nível. É ótimo estar de volta e a atmosfera é algo muito especial."
Wawrinka

“É absolutamente fantástico. Eu não considero nada gratuito, especialmente neste torneio. Trabalhei muito nas últimas semanas, dentro e fora da quadra. Tênis é assim, você nunca sabe quando um pouquinho de sorte vai sorrir para você. Você também tem de perceber a oportunidade.”
Dimitrov, que garantiu vaga nas quartas em Nova York, depois de sofrer sete derrotas nos últimos oito jogos.

“De forma geral, me sinto como uma pessoa diferente, um jogador diferente. Não tem sentido me sentar e falar dos seis, sete meses passados, convidando todo mundo para minha festa de auto-piedade.”
Dimitrov

Comentários
Faberg
Roland Garros Series