Notícias | Dia a dia | US Open
Andreescu vence a 10ª seguida e faz quartas em NY
03/09/2019 às 01h42

Andreescu consegue seu melhor resultado em Grand Slam e agora enfrenta Mertens

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em excelente fase no circuito, Bianca Andreescu marcou sua décima vitória consecutiva e garantiu vaga nas quartas de final do US Open. A jovem canadense de 19 anos e número 15 do mundo derrotou a norte-americana vinda do quali Taylor Townsend, 116ª colocada, por 6/1, 4/6 e 6/2 em 1h55 de partida.

Andreescu foi campeã do WTA Premier de Toronto há três semanas e não atuou em Cincinnati. A canadense também conquistou outro título muito expressivo no início do ano, em Indian Wells. Só esses dois títulos já rendem 1.900 pontos no ranking e contribuem para sua franca evolução na temporada. Ela ocupava apenas o 152º lugar na primeira semana do ano.

Em sua primeira participação no US Open, Andreescu já garante 430 pontos no ranking pela campanha até as quartas. Dessa forma, fica muito perto de chegar ao grupo das dez melhores jogadoras do mundo. Lembrando que a canadense poderia estar ainda melhor, mas ficou quase cinco meses sem jogar por conta de uma lesão no ombro direito.

A adversária de Andreescu nas quartas de final será a belga Elise Mertens, 26ª do ranking, que marcou um duplo 6/1 em 68 minutos contra a convidada local Kristie Ahn. Aos 23 anos, Mertens chega pela segunda vez às quartas de final de um Grand Slam e tenta repetir a ótima campanha do Australian Open de 2018, quando foi semifinalista.

Por sua vez, Taylor Townsend encerra uma honrosa participação neste US Open. Adepta do estilo de saque e voleio, a canhota de 23 anos veio do qualificatório em Nova York e conseguiu mais três vitórias na chave principal. Um desses triunfos foi sobre a número 4 do mundo Simona Halep, em jogo que a norte-americana subiu 105 vezes à rede para definir os pontos.

Townsend começou o jogo dentro de suas características e subiu 17 vezes à rede durante o primeiro set. Mas a potência dos golpes de Andreescu minou a estratégia da norte-americana, já que as bolas da canadense voltavam muito rápido. O primeiro set foi definido em pouco menos de meia-hora, com três quebras a favor de Andreescu.

A solução encontrada por Townsend para mudar a dinâmica da partida foi sair um pouco de sua zona de conforto. A norte-americana decidiu aceitar a troca franca de golpes do fundo de quadra e a forçar nas devoluções. Depois de abrir 3/0, Townsend cedeu o empate no sétimo game e ainda escapou de um break point logo depois. Com o placar empatado por 4/4, a norte-americana fez um ótimo game de saque e passou a pressão para o outro lado. No game seguinte, ela disparou um incrível winner de forehand na corrida e chegou ao set point, contando com uma dupla-falta de Andreescu para fechar o set.

No intervalo entre os sets, Andreescu foi ao vestiário, enquanto Townsend ficou pulando corda em quadra para manter o aquecimento. Ainda assim, a canadense conseguiu uma quebra de saque e depois salvou um break point antes de abrir 2/0. Com o tempo, a norte-americana já não suportava mais tantas trocas de fundo e voltou a se arriscar com saque-e-voleio e chip-en-charge. Andreescu aproveitou a chance e conseguia várias passadas contra a jogadora da casa. Quando perdia por 5/1, Townsend escapou de quatro match points e confirmou o serviço, mas a candense fez valer sua ótima fase e definiu o jogo no game seguinte.

Comentários