Notícias | Dia a dia | US Open
Berrettini superou nervosismo em sua 1ª quartas
05/09/2019 às 12h27

Nova York (EUA) - O italiano Matteo Berrettini conseguiu passar pelo francês Gael Monfils em seu primeiro jogo de quartas de final em um Grand Slam, mas para isso acontecer ele precisou superar o nervosismo que o assolou durante a partida. Ele também não se abalou com os match-points perdidos antes de selar a vitória no tiebreak do quinto set.

“Ficava dizendo para mim mesmo: 'O que você está fazendo? Fique tranquilo, tem apenas 23 anos, é a primeira vez que disputa quartas de final (em um Slam) e é normal sentir isso. Siga em frente'. Então deixei para trás os pensamentos negativos e troquei por positivos”, revelou o atual número 25 do mundo.

Berrettini comemorou não apenas a vitória, mas a tranquilidade em superar a frustração por não conseguir fechar o jogo em duas oportunidades distintas. Primeiro ele teve dois match-points sacando em 5/4 e mais tarde ele perdeu mais uma chance de concretizar a vitória em 6/5 e saque para Monfils.

“Tive muitas oportunidades, as primeiras sacando para o jogo e depois ainda tive um match-point na devolução, que ele salvou com um ace. Por sorte a vitória acabou vindo para o meu lado”, comentou o romano de 23 anos, que agora terá a árdua missão de desafiar o espanhol Rafael Nadal, tricampeão do torneio, nas semifinais de sexta-feira.

“É minha primeira semifinal de Grand Slam, disputo o US Open pela segunda vez e não havia vencido uma partida antes. Não esperava por tudo isso e estou realmente empolgado. Vi mais de cem partidas de Rafa, não tem ninguém que não saiba como ele joga e vai ser muito duro”, finalizou Berrettini, que precisa vencer mais uma para sonhar com um inédito lugar no top 10.

Comentários