Notícias | Dia a dia | US Open
Colombianos alcançam a 2ª final de Slam seguida
05/09/2019 às 19h24

Cabal e Farah foram campeões de Wimbledon e agora buscam o título do US Open

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Depois de realizarem o sonho do primeiro título de Grand Slam em Wimbledon, Robert Farah e Juan Sebastian Cabal têm a chance de conquistar também o US Open. A forte parceria colombiana garantiu nesta quinta-feira um lugar na final de duplas masculinas em Nova York após a vitória sobre os britânicos Jamie Murray e Neal Skupski por 7/6 (7-5) e 7/6 (10-8).

Farah e Cabal, respectivamente com 32 e 33 anos, jogam juntos desde 2013 e já acumulam 15 títulos de ATP, incluindo dois Masters 1000. Os colombianos são atualmente a melhor dupla da temporada de 2019 e já estão classificados para o ATP Finals.

A final do US Open é a terceira para os colombianos jogando juntos em um Grand Slam. Em janeiro do ano passado, eles ficaram com o vice no Australian Open, superados pelo austríaco Oliver Marach e pelo croata Mate Pavic. Cabal ainda tem um vice de Roland Garros em 2011, ao lado do argentino Eduardo Schwank. Nos últimos anos, os colombianos jogaram outras três semis de Slam.

Os adversários de Farah e Cabal na final marcada para esta sexta-feira serão o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos, que venceram os alemães campeões de Roland Garros Kevin Krawietz e Andreas Mies por 7/6 (7-2) e 7/6 (7-5).

Este é apenas o segundo torneio que Granollers e Zeballos jogam juntos este ano. Em agosto, eles foram campeões do Masters 1000 de Montréal. Dessa forma, a parceria chega a dez vitórias seguidas. Granollers está com 33 anos e volta à uma final de Grand Slam depois de cinco temporadas. Ele foi vice em Roland Garros e no US Open de 2014 em parceria espanhola com Marc López. Já o canhoto Zeballos, de 34 anos, joga uma final de Slam pela primeira vez.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series