Notícias | Dia a dia | US Open
Farah e Cabal faturam o segundo Grand Slam seguido
06/09/2019 às 15h53

Cabal e Farah foram campeões de Wimbledon e do US Open nesta temporada

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - A melhor temporada de Robert Farah e Juan Sebastian Cabal no circuito foi recompensada com o segundo título de Grand Slam. Depois de realizarem o sonho da primeira grande conquista em Wimbledon, os colombianos também venceram o US Open. Eles levaram a melhor na final desta sexta-feira contra o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos por 6/4 e 7/5.

Farah e Cabal formam a primeira dupla 100% sul-americana a conquistar o título do US Open entre os homens. Os colombianos jogam juntos desde 2013 e já acumulam 16 títulos no circuito. Além do evidente destaque para os dois Grand Slam, eles também já venceram dois Masters 1000.

Com uma ótima campanha em 2019, Farah e Cabal dividem a liderança no ranking mundial dos duplistas, formam a melhor parceria da temporada e já estão classificados para o ATP Finals. Farah, de 33 anos, tem um título de ATP a mais que seu parceiro, um ano mais novo, já que venceu o ATP de Los Cabos ao lado de Treat Huey em 2017.

A final do US Open foi a terceira para os colombianos jogando juntos em um Grand Slam. Em janeiro do ano passado, eles ficaram com o vice no Australian Open, superados pelo austríaco Oliver Marach e pelo croata Mate Pavic. Cabal ainda tem um vice de Roland Garros em 2011, ao lado do argentino Eduardo Schwank. Nos últimos anos, os colombianos jogaram outras três semis de Slam.

Superados por Farah e Cabal nesta sexta-feira, Granollers e Zeballos disputaram apenas o segundo torneio juntos este ano. Em agosto, eles foram campeões do Masters 1000 de Montréal. Dessa forma, chegaram com dez vitórias seguidas à final do US Open.

O primeiro set teve apenas uma quebra de serviço a favor dos colombianos, que sequer enfrentaram break points e só passaram à frente no placar já no nono game. Ainda que Farah e Cabal colocassem os rivais sob constante pressão no início do segundo set, Granollers e Zeballos foram os primeiros a quebrar e chegaram a liderar o placar por 5/3. Mas os colombianos, que também contavam com maior apoio da torcida, devolveram a quebra de imediato e ganharam confiança para terminar o jogo vencendo quatro games seguidos.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series