Notícias | Dia a dia | US Open
Cabal fala do homem que alavancou tênis colombiano
06/09/2019 às 18h19

Nova York (EUA) – O filho de Juan Sebastian Cabal, que enterneceu os corações após a semifinal  de duplas, tornou a entrar na quadra para participar junto com o pai da cerimônia de premiação. Cabal e o parceiro Robert Farah tornaram-se nesta sexta-feira os primeiros sul-americanos a triunfar nas duplas do Aberto dos Estados Unidos. Em julho, eles já haviam sido os primeiros colombianos a conquistar Wimbledon.  Nesta sexta, Cabal e Farah derrotaram Marcel Granollers (ESP) e Horacio Zeballos (ARG) por 6/4 e 7/5.

"Todo esse poder colombiano no tênis começou com o sonho de um cara que possuía esse grande negócio chamado Colsanitas ... Um cara especial que começou tudo foi Roberto Cocheteux, que faleceu há 17 ou 18 dias", disse Farah durante a premiação. “Não podíamos ir ao enterro dele porque tínhamos que ficar aqui e foi muito difícil para nós. Dissemos que dedicaríamos esse torneio a ele e não há melhor maneira de dedicar algo do que vencê-lo. ”



Os colombianos jogam juntos desde 2013 e já têm 16 títulos no currículo, destacando-se os dois Grand Slam e dois títulos de Masters 1000. “Foi um período muito difícil, duas semanas atrás. Tomamos uma decisão, lutamos por isso e jogamos por ele e aqui o honramos, pela Colsanitas, pela Colômbia e por todos”, disse Cabal. "Estamos felizes por podermos fazer isso por ele e espero que ele esteja no céu nos observando e descansando em paz." Farah por sua vez comentou: “Era o meu maior sonho vencer o Aberto dos EUA aqui neste estádio enorme, então, não pode ser mais real do que isso. Não pode ser mais surpreendente do que isso."

Comentários