Notícias | Copa Davis
Monteiro confirma e Brasil vai ao quali da Davis
14/09/2019 às 15h26

Monteiro jogou seu oitavo confronto pelo time brasileiro e soma agora oito vitórias de simples

Foto: Luiz Cândido/Divulgação

Criciúma (SC) - Apesar de um susto no segundo set, o cearense Thiago Monteiro confirmou o favoritismo em cima de Darian King, marcou 6/4 e 7/6 (8-6) em jogo de 1h46 e com isso o Brasil eliminou Barbados no Zonal Americano e ganhou vaga para o qualificatório da fase final da Copa Davis de 2020, a ser disputado em março.

Monteiro havia vencido com tranquilidade o amador Haydn Lewis na sexta-feira, por 6/2 e 6/2, empatando então o placar geral, já que King obtivera virada sobre João Menezes, por 3/6, 6/4 e 6/2. Na abertura da programação deste sábado, a dupla de Marcelo Melo e Bruno Soares venceu King e Lewis em sets diretos, por 7/6 (7-4) e 7/5. A quinta partida não será necessária e foi cancelada.

O tênis brasileiro está assim entre os 24 países que disputarão o quali para a fase final da Davis de 2020, como aconteceu em fevereiro deste ano quando o time caiu diante da Bélgica, em Uberlândia.

Assim que confirmar os 24 participantes - é preciso aguardar a fase final de 2019, marcada para novembro -, a Federação Internacional determinará os 12 cabeças de chave, conforme o próximo ranking da Davis. Aí sorteia-se os adversários de cada cabeça. Esses confrontos de março acontecerão no tradicional sistema de rotação de sede e portanto o Brasil tem chance de jogar em casa.

Na partida deste sábado, Monteiro teve paciência para trabalhar os pontos da base em todo o primeiro set e buscar a hora certa de atacar, principalmente pelas paralelas, já que King costuma 'fugir' do backhand e abrir muito seu lado direito. O brasileiro conseguiu a quebra logo no game inicial e administrou bem a vantagem até concluir o set.

Mas a situação mudou, porque King passou a jogar mais próximo da linha e assim acelerou mais as jogadas, tirando ângulos. Obteve quebra para saltar a 4/1. Sacou então com 5/3 para levar ao terceiro set, porém pareceu apressado e viu o brasileiro muito firme nos contragolpes. Monteiro empatou apoiado por participante torcida e foi muito mais consistente no tiebreak, obrigando King a jogar mais afastado. O barbadense lutou muito ainda, salvou dois match-points até o brasileiro obter uma bola agressiva e finalizar com o saque.

Esta foi a oitava vitória de Monteiro em 14 partidas disputadas nos sete confrontos em que foi convocado para a Copa Davis, a partir de 2016.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series