Notícias | Dia a dia
Marido apoiou decisão de Clijsters de voltar
16/09/2019 às 17h26

Clijsters com o marido e os três filhos.

Foto: Arquivo

Bruxelas (Bélgica) – Bryan Lynch, um ex- jogador profissional de basquete e marido de Kim Clijsters, revelou em entrevista à imprensa belga alguns detalhes sobre a decisão da ex-número 1 do mundo de voltar a jogar o circuito da WTA, anunciada na semana passada.

"A montanha que ela tem pela frente é muito alta", disse Lynch, referindo-se ao desafio que Clijsters vai enfrentar. "A certa altura, ela desistiu completamente do tênis, estava totalmente focada na sua família e em administrar sua academia. Então é inacreditável, mas é um grande desafio.”

"Uma mãe de três crianças que decide tomar este o caminho da volta ao circuito profissional, é uma coisa surpreendente. As crianças e eu a apoiamos. Nos dois últimos anos, ela disputou o torneio das lendas nos Grand Slam e toda vez que ela voltava para casa, ela dizia a mesma coisa: 'Eu me sinto como uma jogadora, não como uma lenda'", contou Lynch. “

"Então, eu lhe disse que se quisesse voltar, teria de fazê-lo agora. 'Se ainda sente que pode competir e quer abraçar este desafio, faça isso, dê a si mesma uma chance. Não espere até ter 40 anos para fazê-lo".

E foi assim que, no dia 12 passado, através das redes sociais, a tenista de 36 anos revelou que voltará a competir profissionalmente em 2020. Clijsters não disputa uma partida oficial desde 2012.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis