Notícias | Outros
Wheelchair Brasil: Medeiros e Merycoll buscam título
20/09/2019 às 22h14

Meirycoll Duval, nº 28 do mundo.

Foto: Rafael Pignataro

São José dos Campos (SP) – Principais favoritos ao título do Wheelchair Brasil – ITF Tênis, etapa do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas, que está sendo disputada até domingo na academia Daher Tennis, em São José dos Campos, os mineiros Rafael Medeiros e Meirycoll Duval, respectivamente números 44 e 28 do mundo em suas categorias, têm um motivo muito importante para serem campeões do torneio: somar pontos importantes no ranking mundial para garantir vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio-2020. Os dois também representaram o Brasil nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, em agosto passado.

Medeiros pretende disputar sua terceira Paralimpíada seguida. E foi justamente em São José dos Campos, em 2016, que ele carimbou seu passaporte para o Rio de Janeiro ao ser campeão de um torneio na cidade.

Nesta sexta-feira, ele avançou às semifinais ao derrotar Felipe Santana de Lima, por 6/1 6/2. Na próxima fase, em busca de uma vaga para a final, neste sábado, ele encara o experiente paulista Maurício Pommê, cabeça de chave 3, que venceu Jucélio Torquato, por 6/7 6/0 6/1.

“Esse é um momento sempre tenso. A gente fica montando o calendário, vendo os torneios, os pontos que precisamos fazer. Espero um bom resultado aqui em São José para, quem sabe, conseguir pontos importantes para Tóquio no ano que vem”, afirmou Medeiros.

Meirycoll fez sua estreia nesta sexta nas quartas de final da chave feminina e não encontrou dificuldades para passar por Suelen Machado Serral, por duplo 6/0. Nas semifinais, neste sábado, a mineira terá pela frente uma jovem promessa, a brasiliense Jade Lanai, cabeça 2, que venceu Natalie Ribeiro, por 6/2 6/3.

“Eu já joguei nessa academia, esse torneio está muito bem organizado, gostoso de jogar e voltar a jogar aqui em São José dos Campos é muito agradável para mim. Tive um jogo muito tranquilo hoje. Eu e a Suelen somos muito amigas, ela está começando agora, então tive o prazer de estar com ela, foi bem interessante o nosso jogo”, observou Meirycoll.

“Não consegui uma medalha no Parapan, mas para Tóquio já estou em uma pegada diferente, correndo atrás de pontos e na luta para conseguir a classificação para a Paralimpíada”, disse a mineira, que já disputou a Paralimpíada do Rio-2016.

O Wheelchair Brasil – ITF Tênis Internacional reúne 62 paratletas brasileiros e o torneio vale pontos para o ranking da ITF (Federação Internacional de Tênis) e da CBT (Confederação Brasileira de Tênis).

Serviço

Wheelchair Brasil – ITF Tênis Internacional

18 a 22 de agosto

Academia Daher Tennis

Tv. Lineu de Moura, 735 – Urbanova

São José dos Campos

Entrada gratuita

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis