Notícias | Outros
Wheelchair Brasil: finalistas definidos em São José
21/09/2019 às 20h02

Gustavo Carneiro, cabeça 2.

Foto: Rafael Pignataro

São José dos Campos (SP) – Serão conhecidos, neste domingo, a partir das 8h, na academia Daher Tennis, em São José dos Campos, os campeões do Wheelchair Brasil – ITF Tênis, etapa do circuito mundial de tênis em cadeira de rodas, nas categorias Masculino, Feminino e Junior.

Tanto no Masculino quanto no Feminino, a decisão será 100% mineira entre os principais favoritos ao título de cada uma das categorias: Rafael Medeiros x Gustavo Carneiro e Meirycoll Duval x Ana Caldeira.

Nas semifinais do Masculino, neste sábado, Rafael Medeiros, cabeça de chave 1 e 44o do mundo, eliminou o paulista Maurício Pommê, cabeça 3, por 6/4 6/1, enquanto Gustavo Carneiro, cabeça 2 e 49o, derrotou Carlos Santos, cabeça 4, por 6/4 3/6 6/2.

“Sabia que seria um jogo difícil. Eu e o Maurício já nos enfrentamos várias vezes. O jogo começou páreo a páreo, um quebrando o saque do outro até o 4/4, quando eu consegui confirmar o meu saque. Comecei o segundo set mais confiante, abri uma vantagem e impus meu jogo”, analisou Medeiros.

“Espero um jogo difícil na final. O Gustavo vem jogando bem. É um adversário duro, fez um jogo difícil hoje contra o Carlos, mas acredito que estou jogando bem essa semana e bem preparado para fazer uma boa final”, continuou.

“Foi um jogo de três sets hoje contra o Carlos, um excelente jogador. Saio feliz e muito satisfeito, com algumas coisas para melhorar, pois venho de lesão e fiquei quase três meses parado. Amanhã, na final contra o Rafael, espero mais um grande jogo, não tem favorito. Quem tiver melhor no dia, mais confiante, leva o título”, afirmou Carneiro.

Nas semifinais do Feminino, Meirycoll Duval, cabeça 1 e 28o do mundo, venceu a jovem promessa Jade Lanai, por 6/0 6/1, e Ana Caldeira, cabeça 2 e 57o, superou Lucimarry Nascimento, por 6/4 4/6 6/3. 

“Jogar com a Jade é sempre divertido, ela é uma ótima jogadora, que admiro bastante e por quem tenho um carinho muito grande. Foi um jogo mais tranquilo, arrisquei bastante o direcionamento de bola, não deixei ela jogar”, observou Meirycoll. “Eu e Ana saímos de Belo Horizonte para jogar a final aqui em São José. Importante para a nossa equipe termos essa final, pra gente também que estamos em um crescimento muito grande rumo a Tóquio. Então vai ser uma final bem gostosa de assistir”, acrescentou a mineira.

“Enfrentei a Lucimarry pela quarta vez. Na última vez eu havia ganhado, então entrar dentro de quadra para enfrenta-la é sempre um aprendizado para nós duas. Eu poderia ter jogado melhor, o jogo poderia ter sido definido mais rápido, mas mérito da minha adversária que vem evoluindo a cada dia que passa. Estou feliz por ter ganhado e estar na final”, disse Lucimarry.

“Tenho um carinho muito grande pela Meirycoll. É uma pessoa que me inspiro muito, foi a primeira menina que vi jogando tênis em cadeira de rodas. Treinar com ela na mesma equipe e fazer essa final é muito gratificante. Vai ser um jogo incrível”, finalizou a tenista.

Programação deste domingo:

8h
Junior (grupos)
Jade Lanai x Lorenzo de Godoy
João Lucas Takaki x Guilherme Zimerman

Masculino 2 - Roberto da Silva Vicente x Augusto Fernandes

Masculino Consolação - Fábio Bernardes x Adair Salvador

Feminino Consolação - Natalie Ribeiro x Suelen Serral

9h
Feminino – Meirycoll Duval x Ana Caldeira
Masculino – Rafael Medeiros x Gustavo Carneiro

Serviço
Wheelchair Brasil – ITF Tênis Internacional

18 a 22 de agosto
Academia Daher Tennis
Tv. Lineu de Moura, 735 – Urbanova
São José dos Campos
Entrada gratuita

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis