Notícias | Outros
Brasil estreia na Fed Cup Júnior contra EUA
24/09/2019 às 11h03

Equipe brasileira em Noha.

Foto: Divulgação

Lake Nona (EUA) – O Brasil participa a partir desta terça-feira da Fed Cup Júnior, torneio mundial da categoria 16 anos que reúne os melhores países em uma competição por equipes. A seleção nacional é representada pela goiana Lorena Cardoso, a catarinense Priscila Janikian e a paulista Juliana Munhoz. A competição será em Lake Nona, nos Estados Unidos, em quadras de saibro.

"Nossa expectativa é muito boa. Temos duas meninas que jogaram o Sul-Americano, que são a Juliana e a Priscila, e a Lorena entra no time para fortalecer mais ainda com sua experiência. O Mundial é sempre muito difícil, as melhores atletas do mundo estão aqui. Nossa ideia é evoluir dentro da competição, com o objetivo de ser muito forte taticamente", frisa o capitão do trio, o treinador Mário Mendonça.

Após sorteio realizado na segunda-feira, o Brasil caiu no Grupo D, com Estados Unidos, Coreia do Sul e Tailândia. A estreia será contra os EUA nesta terça-feira. Cada confronto consiste na disputa de três partidas: duas de simples e uma de duplas. As duas melhores equipes do grupo avançam para as quartas de final.

As brasileiras conquistaram a vaga para jogar no Mundial 16 anos após a boa participação no Sul-Americano da categoria, que aconteceu em agosto no Chile. A equipe nacional ficou na terceira colocação, conquistando uma das vagas para o evento nos Estados Únidos que reúne 16 equipes no feminino: Alemanha, Argentina, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Itália, Marrocos, Peru, República Tcheca, Rússia, Sérvia, Tailândia e Taiwan.

No mesmo local será disputada a Copa Davis Júnior, com os garotos da categoria 16 anos. Desde 1985, quando os torneios começaram a ser disputados, grandes nomes da história do esporte participaram das edições juvenis, como Gustavo Kuerten (1992), Roger Federer (1996), Rafael Nadal (2002), entre outros.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis