Notícias | Dia a dia
Djoko diz não sentir dor e deve mesmo jogar Tóquio
25/09/2019 às 12h10

Belgrado (Sérvia) - Boas notícias para os fãs do sérvio Novak Djokovic, que voltou aos treinos em Belgrado na última terça-feira. Em entrevista à imprensa local, o número 1 do mundo garantiu não estar sentindo mais dores no ombro esquerdo e mostrou otimismo por sua participação na temporada asiática, devendo jogar o ATP 500 de Tóquio e o Masters 1000 de Xangai

"Ontem treinei pela primeira vez depois do US Open e não houve dores no ombro, o que é uma circunstância encorajadora", disse o sérvio a Sportski Zurnal na terça-feira. "Por enquanto, parece que tenho boas chances de jogar em Tóquio. Essa é a minha intenção. Os próximos dois dias serão cruciais para avaliar a recuperação do ombro", acrescentou o líder do ranking.

Embora o próprio Djokovic não garanta ainda sua participação nos eventos asiáticos, um membro de sua equipe assegurou para a AFP que ‘Nole' jogará em Tóquio. "Não sei o que será no futuro, mas tudo está funcionando muito bem por enquanto", afirmou o tenista de 32 anos.

"Tóquio e Xangai são metas e prioridades, mas tudo está nas mãos de Deus. Minha equipe e eu acreditamos que nas últimas duas a três semanas colocamos o ombro na posição de podermos suportar vários torneios consecutivos", falou o otimista Djokovic, que na pior das hipóteses deverá ao menos disputar o Masters 1000 chinês.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Serbian Davis Cup team training in Belgrade. Srpski Dejvis Kup tim trenira u Beogradu. Idemooo

Uma publicação compartilhada por Novak Djokovic (@djokernole) em

Parceiro de treinos de Djokovic manda recado para rivais

Um dos compatriotas que esteve ao lado de Djokovic nos treinos desta semana, Viktor Troicki enalteceu o colega e deu um aviso para os rivais. “Ele não estava treinando desde o US Open, mas a partir de segunda voltou a atividade e se mostrou muito bem” comentou o sérvio, atual 151 do mundo.

“Normalmente quando você fica 10 dias sem bater bola, acaba perdendo um pouco a mão, mas ele não, continua jogando demais. Foi firme do primeiro ao último ponto e não cometeu erros. Acho que ele aproveitou bem essa pausa e estará preparado para os próximos torneios”, complementou Troicki.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis