Notícias | Dia a dia
Serena Williams completa 38 anos nesta quinta
26/09/2019 às 20h48

Serena segue em alto nível no circuito e ocupa atualmente o nono lugar no ranking

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Reconhecida como umas das maiores tenistas de todos os tempos, Serena Williams completa 38 anos nesta quinta-feira, dia 26 de setembro. Exemplo de longevidade no circuito, a veterana jogadora norte-americana segue em alto nível ao ocupar o nono lugar do ranking mundial da WTA e ter alcançado duas finais de Grand Slam este ano, em Wimbledon e no US Open.

Dona de 23 troféus de Grand Slam em simples, Serena Williams é a recordista na Era Aberta do tênis. Sua conquista mais recente foi o Australian Open de 2017, quando superou a marca de 22 títulos da alemã Steffi Graff. Na ocasião, ela também se tornou a mais velha campeã de Grand Slam na Era Aberta aos 35 anos e 125 dias.

A principal motivação de Serena na atualidade é igualar a marca de australiana Margaret Court, maior vencedora de Grand Slam em todos os tempos, com 24 conquistas. Lembrando que Court conquistou 13 títulos na fase amadora do esporte e mais 11 entre as profissionais a partir de 1968. Nos últimos dois anos, ela disputou quatro finais de Slam, mas sempre ficou com o vice.

Serena é disparada a jogadora com maior premiação acumulada na carreira. Ela já ganhou mais de US$ 92,5 milhões em sua trajetória com 72 títulos de simples na elite do circuito. São 826 vitórias na carreira profissional, sendo 349 em Grand Slam. A ex-número 1 do mundo chegou a liderar o ranking de simples por 319 semanas e o de duplas por mais oito.

A norte-americana também fez enorme sucesso jogando duplas ao lado da irmã, Venus, um ano mais velha e também ainda em atividade. Juntas elas conquistaram 23 títulos no circuito, incluindo 14 troféus de Grand Slam e duas medalhas olímpicas de ouro. Ambas também já conquistaram o ouro olímpico em simples.

Outra meta para Serena neste momento da carreira é conquistar seu primeiro título desde o nascimento de sua filha, Alexis Olympia, em setembro de 2017. A norte-americana estava grávida quando venceu o último troféu. Apenas três jogadoras já foram campeãs de Grand Slam depois de se tornarem mães. A primeira foi a própria Margaret Court, além da também australiana Evonne Goolagong e da belga Kim Clijsters.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis