Notícias | Dia a dia
Barty sente lesão, mas espera estar bem em Pequim
27/09/2019 às 17h39

Australiana sentiu um desconforto na panturrilha ainda no começo do jogo

Foto: Divulgação

Wuhan (China) - Eliminada na semifinal do WTA Premier de Wuhan, Ashleigh Barty sentiu uma lesão na panturrilha esquerda durante a partida contra Aryna Sabalenka nesta sexta-feira. Ainda assim, a número 1 do mundo não deu desculpas para a derrota, fez questão de destacar a boa atuação de sua adversária, e espera estar recuperada para atuar em Pequim na próxima semana.

Com Osaka e Andreescu, Pequim terá nove top 10

"Senti isso bem cedo no primeiro set. E só estava tentando aguentar um pouco. Progressivamente ficou um pouco pior", disse Barty após a derrota por 7/5 e 6/4 para Sabalenka. "Havia certas coisas que não pude fazer. Sim, apenas um pouco dolorido e cansado e apertado e todas essas coisas.

"É importante que eu cuide disso nas próximas 24 ou 48 horas. Tenho certeza de que não é nada alarmante. Tentei fazer o melhor possível para me preservar sem que isso afetasse tanto o meu tênis. Mas não haverá preocupações", acrescenta a australiana de 23 anos, que entrará diretamente na segunda rodada em Pequim.

"No geral, Aryna foi a melhor jogadora hoje. Ela conseguiu controlar seus games de serviço muito melhor. Às vezes, sentia que eu estava esperando um pouco pelos erros dela. Hoje, eu tive que correr muitos riscos para continuar competitiva, comenta a líder do ranking, que já havia perdido para Sabalenka na semi de Wuhan do ano passado.

"Estou mais decepcionada porque, fisicamente, não consegui acompanhar o ritmo como eu gostaria. Mas está tudo bem. Eu provavelmente fiquei mais tempo no jogo do que merecia", argumentou a australiana. "Acho que é importante tentar anular a potência dos golpes dela da melhor maneira possível. Em alguns momentos da a partida, eu fiz isso muito bem. Mas em outros períodos ela foi capaz de assumir o controle e você tem que lidar com isso".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis