Notícias | Dia a dia
Demoliner vence na China e disputa sua 10ª final
28/09/2019 às 06h38

Demoliner atua ao lado do veterano holandês de 36 anos Matwe Middelkoop

Foto: Divulgação

Zhuhai (China) - Representante brasileiro na chave de duplas do ATP 250 de Zhuhai, Marcelo Demoliner garantiu vaga na final da competição. Demoliner e seu parceiro holandês Matwe Middelkoop venceram a semifinal contra o português Gonçalo Oliveira e o bielorrusso Andrei Vasilevski por 7/6 (7-4) e 6/3.

Esta será a décima final de ATP na carreira de Demoliner. O gaúcho de 30 anos tem apenas um título, conquistado ao lado do mexicano Santiago Gonzalez na grama de Antalya, no ano passado. Na atual temporada, ele já havia ficado com o vice no saibro alemão de Munique, jogando ao lado do indiano Divij Sharan.

Será a terceira vez que Demoliner disputa uma final no piso duro. A primeira foi também na China, em Chengdu, junto ao neozelandês Marcus Daniell em 2017. Semanas depois, ele ficou com o vice no ATP 500 de Viena, disputado em quadras cobertas, com o norte-americano Sam Querrey como parceiro.

A final de duplas em Zhuhai será às 5h (de Brasília) deste domingo. Demoliner e Middelkoop enfrentam os belgas Joran Vliegen e Sander Gille, que já ganharam dois torneios juntos neste ano, nas quadras de saibro Bastad e Gstaad. Estes foram os únicos títulos nas carreiras dos belgas, de 26 e 28 anos, respectivamente. Middelkoop será o jogador mais velho em quadra, com 36 anos, e o com maior número de títulos, já que venceu sete torneios.

Atual 54º colocado no ranking mundial dos duplistas, Demoliner tem como melhor marca da carreira o 34º lugar, alcançado no fim de 2017. A final em Zhuhai rende 150 pontos ao gaúcho, com possibilidade de 250 em caso de título. Ele não defende nada nesta semana, mas precisa descartar 45 pontos de seu 18º e último resultado válido. Dessa forma, seu avanço no ranking deverá ser mínimo até mesmo se for campeão.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis