Notícias | Dia a dia
Sabalenka: 'Não acredito que eu defendi o título'
28/09/2019 às 14h28

Sabalenka faturou o bicampeonato no forte torneio chinês e defende 900 pontos no ranking

Foto: Divulgação

Wuhan (China) - A conquista do bicampeonato no WTA Premier de Wuhan animou demais Aryna Sabalenka. A bielorrussa de 21 anos e 14ª colocada afirmou que não esperava que seria capaz de defender o título na China e os 900 pontos no ranking mundial. Até por isso, estava se sentindo bastante pressionada antes do torneio.

"Não acredito que defendi esse título. Eu nem imaginava que seria capaz de fazer isso", disse Sabalenka após a vitória por 6/3, 3/6 e 6/1 sobre a norte-americana Alison Riske, 35ª do ranking. "Este ano foi muito difícil e eu estava com muito medo de não poder defender este título e pensava nos meus pontos no ranking. E esse foi o meu problema. É por isso que eu não conseguia jogar bem e não podia lutar de verdade".

"No momento, tenho muitos pensamentos na mente. Sou muito grata à minha equipe porque eles continuaram comigo", comenta a bielorrussa, que chegou a anunciar um rompimento com o técnico Dmitry Tursunov após o US Open, mas teve a companhia do ex-jogador russo durante a última semana.

Sabalenka também destacou a boa atuação de sua adversária, que eliminou Petra Kvitova e Elina Svitolina no caminho para a final. "Ela jogou muito bem. É uma ótima jogadora e uma lutadora em quadra. Eu sabia que seria uma partida difícil", disse a ex-top 10, que chegou a abrir 5/0 no placar da parcial decisiva. "No terceiro set, eu pensei: 'Esta é uma final, tente fazer tudo o que puder'. Eu estava apenas focando no meu jogo, focando em cada ponto. Isso me ajudou a voltar para o jogo".

Riske terá melhor ranking
Por sua vez, Riske lamentou a atuação no último set, mas comemorou a boa semana. Ela vive o melhor momento da carreira aos 29 anos, chegou às quartas de final em Wimbledon, já venceu quatro top 10 na temporada e debutará no grupo das 30 melhores jogadoras do mundo. "Estou realmente decepcionada com a minha mentalidade no terceiro set. Acho que eu poderia ter feito mais. Mas sigo em frente. Tenho que parabenizar a Aryna. Ela está jogando tênis incrível para e tornou a partida muito difícil para mim".

"Acho que foi uma semana incrível para mim em muitos aspectos. Estou super orgulhosa da semana que tive", afirmou Riske. "Joguei com algumas das melhores jogadores do mundo nos últimos dias. Acho que quanto mais eu me colocar nessas posições e tiver sucesso, vou esperar ainda mais de mim mesma".

Sabalenka é vice nas duplas
Também neste sábado, Aryna Sabalenka disputou a final de duplas ao lado da belga Elise Mertens. Campeãs de Indian Wells, Miami e do US Open, Mertens e Sabalenka não confirmaram o favoritismo e perderam para a chinesa Ying-Ying Duan e a russa Veronika Kudermetova, que disputavam o primeiro torneio juntas e marcaram as parciais de 7/6 (7-3) e 6/2. Aos 22 anos, Kudermetova conquista seu primeiro troféu. Já Duan, de 30 anos, tem três títulos de duplas no circuito.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis