Notícias | Dia a dia
Osaka, Halep e Venus vencem na estreia em Pequim
29/09/2019 às 07h33

Osaka teve altos e baixos, mas conseguiu vencer em dois sets

Foto: Divulgação

Pequim (China) - O segundo dia de jogos pelo WTA Premier Mandatory de Pequim começou com vitórias das favoritas. Naomi Osaka e Simona Halep venceram suas partidas de estreia em sets diretos na capital chinesa. Quem também avançou, só com mais dificuldade, foi a veterana Venus Williams.

Número 4 do mundo, Osaka superou a norte-americana Jessica Pegula por 6/3 e 7/6 (7-5). A japonesa, que disparou oito aces e 26 winners, teve alguns altos e baixos, já que chegou a liderar o set inicial por 5/1 e também sacou para o jogo antes de definir a parcial seguinte apenas no tiebreak. Sua próxima adversária é a alemã Andrea Petkovic, que derrotou a suíça Jil Teichmann por 7/6 (7-4) e 6/3.

Simona Halep avançou com mais tranquilidade. Sexta colocada no ranking, a romena precisou de apenas 1h11 para marcar um duplo 6/1 contra a sueca Rebecca Peterson. Foi o primeiro jogo de Halep desde a desistência nas oitavas de final de Wuhan por conta de espasmos nas costas.

"Ainda não estou 100% recuperada. Ainda sinto dor, mas tentei não pensar nisso. Hoje eu estava relaxada e não forcei. Sabia como deveria jogar contra ela e creio que fiz um jogo inteligente, de um jeito que ela não gosta. É por isso que eu conseguir vencer", disse Halep após a partida.

"Nunca é fácil lidar com uma lesão. Estava um pouco para baixo antes do torneio por ter acontecido a mesma coisa no ano passado. Mas estou feliz que eu pude vencer. O jeito que eu joguei me deixou feliz", acrescenta a romena, que agora espera pela vencedora entre a norte-americana Bernarda Pera e a russa Ekaterina Alexandrova.

A estreia de Venus Williams foi muito mais dura. Atual 59ª do ranking aos 39 anos, a ex-número 1 do mundo teve que lutar por 2h31 para vencer a tcheca Barbora Strycova por 6/3, 4/6 e 7/5. Depois de conquistar a única quebra do set inicial, Venus também começou à frente na parcial seguinte e chegou a liderar por 4/2, mas Strycova conseguiu duas quebras seguidas empatar a partida. Já no terceiro set, a tcheca ficou perto da vitória e sacou para o jogo quando liderava por 5/3, mas foi a vez de a norte-americana buscar a reação na reta final.

Venus agora terá a missão de enfrentar a jovem suíça de 22 anos Belinda Bencic, décima colocada no ranking mundial. A norte-americana leva vantagem no retrospecto, já que venceu quatro dos cinco duelos anteriores entre elas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis