Notícias | Dia a dia
Clezar, Orlando e Sakamoto vencem em Campinas
30/09/2019 às 22h39

Clezar venceu duelo nacional contra Jordan Correia nesta segunda-feira

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - O gaúcho Guilherme Clezar foi o primeiro brasileiro a avançar no challenger de Campinas. Ele abriu a programação desta segunda-feira ao vencer o capixaba Jordan Correia por 6/1 e 6/0. Campeão do torneio em 2013, Clezar irá enfrentar o boliviano Hugo Dellien, número 85 do mundo e principal e cabeça de chave na Sociedade Hípica.

"O Dellien é um cara que tem muita solidez, joga bem no saibro, então eu vou ter que ser consistente e pressionar bastante. Eu conheço ele desde o juvenil, então não tem muito mistério para nenhum dos dois. Quem estiver melhor no dia vai levar", disse Clezar, 374º no ranking.

Em outro duelo nacional, o gaúcho Orlando Luz venceu o convidado catarinense Pedro Boscardin por 6/0 e 7/5 para garantir o confronto com o mineiro João Menezes. Já o paulista Pedro Sakamoto bateu o espanhol Pol Toledo Bague por 6/4 e 6/0. Seu próximo adversário é o cabeça 4 argentino Guido Andreozzi.

Na rodada noturna, o dono da casa Felipe Alves levantou a torcida e conseguiu grande reação em cima do paranaense Thiago Wild, virando a partida por 5/7, 6/2 e 6/2. Agora, jogará contra o argentino e cabeça 5, Federico Coria.

Outro brasileiro a avançar foi Rafael Matos. O canhoto gaúcho vencia a partida contra contra o chileno Bastian Malla por 7/5, 5/7 e 3/1 quando o adversário abandonou a disputa. Matos agora enfrenta o argentino Francisco Cerundolo.

Dois nomes da nova geração brasileira fizeram jogos equilibrados, mas caíram na estreia. O pernambucano de 19 anos João Lucas Reis, 596º do ranking, perdeu por duplo 7/5 para o colombiano Alejandro Gonzalez, ex-top 70 e atual 479º colocado aos 30 anos. Já o paulista de 18 anos Matheus Pucinelli, 979º colocado, perdeu por 6/3 e 6/4 para o argentino Tomas Etcheverry, 415º do ranking.

O gaúcho Oscar Gutierrez perdeu por duplo 6/2 para o peruano Juan Pablo Varillas. Já o convidado brasiliense Gilbert Klier Júnior foi superado pelo também peruano Nicolas Alvarez, com parciais de 6/2 e 6/3.

Romboli e Daniel furam o quali
As duas últimas vagas na chave principal ficaram com o paulista Daniel Dutra Silva e o carioca Fernando Romboli, que furaram o qualificatório na abertura da rodada. O canhoto de 31 anos levou a melhor no duelo de gerações contra o baiano Natan Rodrigues, 17, com parciais de 6/1 6/4, e estreia na chave contra o equatoriano Diego Hidalgo.

Romboli vem privilegiando o circuito de duplas e jogará apenas o segundo torneio de simples na temporada. Ele superou um confronto equilibrado com Wilson Leite, com 6/4 3/6 7/5, e nesta terça encara o argentino Gonzalo Villanueva.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis