Notícias | Outros
Copa Santa Catarina larga em Itajaí
01/10/2019 às 10h05

Os finalistas dos 12 anos.

Foto: Luiz Candido / LuzPress

Itajaí (SC) - O primeiro dia da chave principal da 11ª Copa Santa Catarina, realizada no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí (SC), com a presença de 530 atletas de 13 países, teve tenistas do estado avançando às oitavas de final. O evento tem a parceria da Confederação Brasileira e da Federação Catarinense.

No feminino, Namie Isago, terceira favorita, superou Clara Penido por 6/4 e 6/2 e espera por rival que sai do jogo entre Laura Kalempa e Isadora Muller. A belga Amelia Waligora, oitava favorita, superou a brasileira Vitória Barandas por 6/0 e 6/1 e mede forças contra a gaúcha Amanda de Oliveira. No masculino, João Victor Loureiro, radicado em Joinville (SC) há três anos e principal favorito ao troféu, derrotou Henrique Fukushima por 6/4 e 7/5. "Jogo duro, ventando bastante, não me senti confortável, errei bastante, mas terei um dia para trabalhar e me preparar para o próximo duelo", comentou. Loureiro vai enfrentar a seguir o argentino Mateo Berta, que superou o qualifier gaúcho Gustavo Tedesco, de 14 anos, por 6/3, 1/6 e 6/3.

Nesta terça-feira, mais dois catarinenses entram em ação. Thaís Maciel encara a paranaense Maria Mauad, filha do craque Alex, ex-seleção brasileira de futebol. Guilherme Brizuela, outro catarinense, também joga diante do argentino Joaquin Estevez não antes das 10h. Thaís e Brizuela fazem parte da ADK Tennis, com sede no Itamirim Clube de Campo. A terça também terá estreias da gaúcha Sofia Mendonça, que vem de título em Salvador (BA) na última semana, e da uruguaia Guillermina Grant, principal favorita. Sofia encara Maria de Oliveira e Grant pega Giovanna Pereira.

Catarinense Fuckner é vice nos 12 anos - Atleta do Itamirim, Bernardo Fuckner ficou com o vice-campeonato nos 12 anos nesta segunda-feira. Ele caiu na final diante do paulista Francisco Damorim por 0/6, 6/3 e 6/3.

Nos 14 anos, o gaúcho Davi Daniel, filho de Marcos Daniel, ex-top 60 do mundo, estreou vencendo Gabriel Pereira por 6/1 e 6/4 e enfrenta nas oitavas de final Murilo Martins.

A competição bateu recorde de inscrições em sua história, chegando aos 530 atletas de 13 países com jogadores do Brasil, Colômbia, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Estados Unidos, Japão, Rep. Tcheca, Bélgica, Espanha e Peru. O torneio é um dos mais tradicionais do país.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis