Notícias | Dia a dia
Djokovic vê melhora e espera continuar evoluindo
02/10/2019 às 13h37

Tóquio (Japão) - O sérvio Novak Djokovic deu mais uma mostra que o problema com o ombro está no passado. Após uma boa vitória na estreia no ATP 500 de Tóquio, o número 1 do mundo superou mais um teste na competição, derrubando nesta quarta-feira o atleta da casa Go Soeda por 6/3 e 7/5.

“Ele me fez batalhar pela vitória hoje. A atmosfera em quadra estava muito legal e aproveitei bastante”, comentou o principal favorito ao título na capital japonesa, que acredita estar cada vez melhor em quadra. “Acho que joguei muito bem da linha de base, fui sólido e agressivo quando precisei, tentando bater um pouco mais cedo na bola”, analisou.

“Saquei bem até o 5/3, quando cometi algumas duplas faltas e não acertei um primeiro serviço sequer, permitindo que ele devolvesse o break e seguisse vivo na partida. Ainda perdi dois match-points no 5/4, muito por causa de ótimos golpes de Soeda, que lutou até o fim e merece todo o crédito”, complementou o sérvio.

Djokovic saiu contente não apenas com o resultado final, mas com seu desempenho na partida. “Não há muitas coisas negativas para se tirar, principalmente porque tive chances constantemente e saio contente com o que fiz. Provavelmente tive um desempenho melhor do que na minha estreia e espero que as coisas continuem nessa direção”, destacou o líder do ranking.

Nas quartas de final em Tóquio, o sérvio medirá forças com o francês Lucas Pouille, que passou fácil pelo japonês Yoshihito Nishioka e tentará agora sua primeira vitória sobre Djokovic. Será a terceira vez que eles se enfrentarão no circuito e também a terceira neste ano, com vitórias de ‘Nole’ no Australian Open e no Masters 1000 de Cincinnati.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis