Notícias | Dia a dia
Mladenovic voltará a ser nº 1 de duplas na WTA
03/10/2019 às 14h48

Francesa já esteve na liderança do ranking por cinco semanas

Foto: Arquivo

Pequim (China) - A liderança do ranking do ranking das duplistas na WTA mudará de mãos na próxima segunda-feira. A tcheca Barbora Strycova irá perder a primeira posição e será ultrapassada pela francesa Kristina Mladenovic, que irá reassumir o posto de número 1 do mundo.

Strycova defendia mil pontos em Pequim, já que foi campeã no ano passado ao lado da compatriota Andrea Hlavackova. Agora atuando junto da taiwanesa Su-Wei Hsieh, a tcheca parou ainda na segunda rodada, após a derrota sofrida na quarta-feira para a letã Jelena Ostapenko e a ucraniana Dayana Yastremska por duplo 6/4. Com isso, fez apenas 120 pontos no ranking.

Já Mladenovic e a húngara Timea Babos foram até as quartas em Pequim, repetindo o resultado da temporada passada. Com isso, defenderam os 215 pontos obtidos em 2018. A francesa estava a a 795 pontos de distância antes do início do torneio. Ela e Babos também já se despediram do torneio, superadas pelas japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara por 6/3 e 6/4.

Esta será a segunda passagem de Mladenovic pela liderança. A francesa já esteve na primeira posição por cinco semanas nesta temporada, entre os dias 10 de junho e 14 de julho. Sua chegada ao posto de número 1 do mundo coincidia com a conquista do terceiro título de Grand Slam de sua carreira, ao lado de Babos em Roland Garros. Ela acabou sendo ultrapassada por Strycova, que foi campeã de Wimbledon ao lado de Hsieh. A tcheca esteve na primeira posição nas últimas doze semanas.

Antes de Mladenovic apenas uma mulher francesa liderou o ranking de duplas da WTA, estabelecido em 1975. O feito coube a Julie Halard-Decugis, que esteve na primeira posição por 14 semanas no ano 2000.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis