Notícias | Dia a dia
Osaka brilha e encerra série invicta de Andreescu
04/10/2019 às 13h42

Com a vitória desta sexta-feira, Osaka também garantiu sua vaga no WTA Finals

Foto: Divulgação

Pequim (China) - O primeiro confronto entre Naomi Osaka e Bianca Andreescu cumpriu todas as expectativas em termos de emoção e nível de tênis. Em jogo válido pelas quartas de final do WTA Premier Mandatory de Pequim, as duas jovens jogadoras e já campeãs de Grand Slam duelaram por 2h14 e a vitória ficou com Osaka, que venceu por 5/7, 6/3 e 6/4.

Osaka encerra uma série invicta de 17 jogos de Andreescu. Campeã em Indian Wells, Toronto e no US Open, a canadense de 19 anos e já número 6 do mundo estava sem perder desde março, em Miami. Lembrando que suas temporadas de saibro e de grama foram muito comprometidas por conta de uma lesão no ombro e ela só jogou uma partida, e venceu.

Outra consequência direta do resultado é a classificação de Osaka para o WTA Finals, que será disputado na cidade chinesa de Shenzhen. A japonesa de 21 anos se junta a Ashleigh Barty, Karolina Pliskova, Simona Halep e à própria Andreescu. Restam apenas três vagas para o torneio que reúne as oito melhores da temporada.

Osaka terá um duelo de ex-líderes do ranking contra a dinamarquesa Caroline Wozniacki, atual 19ª do ranking e vencedora da edição passada. Wozniacki defende uma invencibilidade de dez jogos e vinte sets seguidos em Pequim e derrotou nesta sexta-feira a russa Daria Kasatkina por 6/3 e 7/6 (7-5). A dinamarquesa, dona de 30 títulos no circuito, venceu os dois embates anteriores contra Osaka.

Osaka buscou a virada após início complicado
Andreescu dominou as ações no início da partida e, ao final de cinco games, já vencia por 4/1 com duas quebras de vantagem. Enquanto a canadense só havia perdido três pontos em seus games de saque e vinha muito firme do fundo de quadra, a japonesa foi constantemente ameaçada no saque e ainda cometia muitos erros não-forçados.

A reação de Osaka aconteceu justamente quando Andreescu sacou para o set. Depois de estar perdendo por 5/1, a japonesa devolveu as duas quebras. Na primeira, a canadense jogou muito mal. Na segunda, Osaka encaixou boas devoluções e contou com uma dupla-falta da rival. Mas depois de buscar o empate, Osaka não conseguiu manter o bom momento. Andreescu venceu oitos dos últimos dez pontos do set para voltar a quebrar e fechar a parcial.

A vantagem de Andreescu ficou ainda maior no início do segundo set, com uma quebra de serviço e vantagem por 3/1. Mas Osaka reagiu mais uma vez na partida. A japonesa já apresentava respostas para as ações da canadense do fundo de quadra e fez três games de serviço impecáveis. Com duas novas quebras, Osaka venceu cinco games seguidos e empatou a partida.

Já no terceiro set, Andreescu também foi a primeira a conseguir uma quebra de serviço, mas Osaka respondeu de imediato. Já no nono game, com o placar empatado por 4/4, a japonesa aproveitou enfim a chance de passar à frente no marcador. Sacando para o jogo, Osaka colocou poucos primeiros serviços em quadra e foi pressionada, mas Andreescu errou uma devolução quando teve o break point. A vitória seria definida alguns pontos mais tarde e as jogadoras se abraçaram ao fim do jogo. Osaka liderou nos winners por 31 a 24 e cometeu 30 erros contra 31 da rival.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis