Notícias | Dia a dia
Djokovic espera ter grande final de temporada
05/10/2019 às 14h05

Djokovic só perdeu dois games de serviço em sua ótima campanha no ATP 500 de Tóquio

Foto: ATP

Tóquio (Japão) - Depois do susto que levou com o problema físico no ombro esquerdo durante Cincinnati e o US Open, o sérvio Novak Djokovic acredita ter recuperado a forma e a confiança. E na hora certa.

"Estou muito satisfeito com o nível de tênis que atingi hoje e durante toda a semana", afirmou o líder do ranking após superar o belga David Goffin na semi de Tóquio. "Vinha de problemas físicos e acredito que jogar várias partidas me ajudou a recuperar o ritmo competitivo e a chegar na reta final da temporada da melhor forma possível".

Ele garante que a vitória em cima de Goffin foi muito mais difícil do que indica o placar de 6/3 e 6/4. "Esperava um duelo muito intenso, porque sabemos a qualidade de Goffin. Ele vinha de uma grande vitória em cima de (Hyeon) Chung. Além disso, o piso aqui está bem rápido e isso ajuda seu tipo de jogo". analisou. "Apesar do que diz o placar, não foi uma partida nada fácil e em alguns momentos eu precisei de muito esforço para manter o saque. Não fiquei surpreso com seu nível".

Embora conheça bem o australiano John Millman, a quem venceu duas vezes no ano passado sem sustos, Djokovic destaca o bom momento do outro finalista. "Vi um pouco de sua vitória em cima de (Reilly) Opelka e ele mostrou um grande nível. Não é fácil ganhar de alguém como Opelka, que tem um dos melhores saques do circuito. Millman é do tipo que luta do princípio ao fim, nunca se rende. Tem uma atitude positiva, corre muito e cobre bem a quadra. Assim, o saque terá grande importância para mim e para ele".

Os dois duelos contra Millman, ambos no ano passado, foram tranquilos: uma surra na grama de Queen's, por 6/2 e 6/1, e sets diretos nas quartas do US Open, por 6/3, 6/4 e 6/4. O jogo acontece às 3h30 deste domingo (horário de Brasília).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis