Notícias | Dia a dia
Peruano fatura maior título no challenger de Campinas
06/10/2019 às 15h03

Varillas entrará na faixa dos 250 primeiros

Foto: João Pires

Campinas (SP) - O peruano Juan Pablo Varillas coroou a melhor semana da carreira conquistando seu título mais importante no dia em que completou 24 anos. De virada, ele se tornou apenas o quinto peruano a levantar um troféu de challenger ao superar o argentino Juan Pablo Ficovich, com parciais de 2/6, 7/6 (7-4) e 6/2, na final do Campeonato Internacional de Tênis, disputado na Sociedade Hípica.

“É o nível de tênis mais alto que joguei, espero seguir crescendo e jogando finais desse tipo”, comemorou o primeiro peruano a decidir um challenger desde 2008. “Antes da partida conversei com o meu treinador e lembrei que a primeira vez que vim ao Brasil foi para dois qualificatórios de challengers. Eu vi partidas duríssimas, não me via jogando naquele nível nunca. Quatro anos depois, ganhar um challenger aqui é fruto de muito trabalho e de seguir lutando mesmo quando as coisas não saem bem”.

Com o título, Varillas soma 80 pontos no ranking mundial e fatura US$ 7,2 mil. Atual 332º na ATP, ele irá subir mais de 90 colocações na lista que será atualizada nesta segunda-feira. Assim, vai estabelecer o recorde pessoal, figurando entre os 240 do mundo. Até esta semana, os maiores títulos de Varillas haviam sido cinco futures.

A decisão começou com chances para os dois lados nos três primeiros games, mas somente o argentino aproveitou e rapidamente abriu duas quebras de vantagem. Ficovich cedeu apenas mais três pontos no serviço e fechou a parcial em 34 minutos. No segundo set, as únicas chances de quebra surgiram no último game, quando o argentino salvou quatro set points, mas em seguida não evitou o empate no tiebreak.

O título ficou mais perto do peruano após abrir 3/2 e salvar um break point no game mais longo do jogo para confirmar a vantagem. Ficovich não teve forças para reagir, voltou a ser quebrado no sétimo game e Varillas comemorou após 2h26.

“Nos dois primeiros sets não joguei como vinha fazendo durante a semana, estava muito nervoso, por ser a primeira vez em uma final desse tamanho. O melhor que fiz foi me concentrar só nos meus games de saque. Com os games confirmados fiquei mais tranquilo e consegui jogar mais solto”, analisou Varillas.

A campanha inédita em Campinas também irá render o melhor ranking a Ficovich. O 325º colocado dará um salto de 60 posições e entrará no top 300 com os 48 pontos pelo vice-campeonato na Sociedade Hípica de Campinas.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis