Notícias | Dia a dia
Djoko inicia defesa do título com 6ª vitória seguida
09/10/2019 às 08h55

Xangai (China) - Assim como aconteceu nos dois duelos anteriores, ambos na atual temporada, o sérvio Novak Djokovic levou a melhor sobre o jovem canadense Denis Shapovalov, superando assim sua estreia no Masters 1000 de Xangai. O número 1 do mundo levou 1h10 para vencer seu primeiro obstáculo na competição, marcando duplo 6/3.

Esta foi a sexta vitória seguida do número 1 do mundo, que conquistou o título do ATP 500 de Tóquio, na semana passada. Contando também com a ausência do espanhol Rafael Nadal na disputa em Xangai, onde iniciou a defesa do título nesta quarta-feira, o sérvio garantiu a liderança do ranking com a taça na capital japonesa independente do que fizer nesta semana.

Depois de encarar um canhoto em seu primeiro jogo, Djokovic terá um desafio diferente na próxima rodada, quando medirá forças com o potente saque do norte-americano John Isner, que ultrapassou a barreira dos 1.000 aces na temporada e vem de duas boas vitórias, a primeira sobre o australiano Alex de Minaur e a mais recente sobre o francês Lucas Pouille, contra quem marcou parciais de 7/5 e 6/3.

Isner tem apenas duas vitórias em 11 duelos com o sérvio, a última delas em 2013, nas quartas do Masters 1000 de Cincinnati, perdendo os seis últimos embates. O outro triunfo do norte-americano veio também dentro de casa, no Masters 1000 de Indian Wells, em 2012. Djokovic levou a melhor nos dois encontros na China, ambos em Pequim, um deles em 2010 e o outro em 2015.

O primeiro set de ‘Nole’ foi praticamente impecável com o saque, cedendo somente um ponto ao rival canadense. Do outro lado, Shapovalov não teve o mesmo desempenho nos serviços, encarou dois break-points no segundo game e no oitavo voltou a ser ameaçado. Desta vez o sérvio concretizou a quebra para na sequência confirmar e fechar a parcial.

Shapovalov conseguiu igualar mais o jogo no começo do segundo set e teve sua primeira chance de quebra, no segundo game, mas não a aproveitou. No quinto foi a vez de Djokovic conseguir um break-point, que foi concretizado e deu a vantagem para o sérvio. Ele não apenas administrou a dianteira, como obteve novo break para fechar o jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis