Notícias | Dia a dia
Djokovic se diz confiante e livre de dores no ombro
09/10/2019 às 19h02

Sérvio comemorou seu desempenho na vitória sobre Shapovalov na estreia em Xangai

Foto: Divulgação

Xangai (China) - A preocupação com as dores no ombro já parece fazer parte do passado para Novak Djokovic. Vindo de título no ATP 500 de Tóquio, o sérvio deu continuidade ao seu ótimo momento na parte asiática da temporada e estreou com vitória no Masters 1000 de Xangai. Quatro vezes campeão do torneio, o número 1 do mundo esbanja confiança para a reta final do ano.

"Por causa do histórico que tenho neste torneio e na gira asiática, de um modo geral, com muito sucesso e muitos jogos vencidos em minha carreira, sinto menos e estou mais confiante de que posso me sair melhor", disse Djokovic, depois de vencer o canadense Denis Shapovalov por duplo 6/3 nesta quarta-feira.

"Não tive problemas com a dor no ombro. Então não há preocupação. Tudo parece bem", avalia o jogador de 32 anos, que encerrou precocemente sua participação no US Open por conta da lesão. Em Nova York, ele já vinda sentindo dores desde a segunda rodada e abandonou o jogo contra Stan Wawrinka nas oitavas.

Djokovic comemorou o bom desempenho na estreia e também elogiou a atuação de Shapovalov, canhoto de 20 anos e 36º do ranking. "Acho que eu saquei bem, usei os ângulos e fui sólido do fundo de quadra. Eu sabia que Denis é um jogador perigoso. Se ele tiver tempo e estiver sentindo bem a bola, pode ser uma partida difícil".

"Ele estava sacando bem, com alta porcentagem de primeiros serviços em quadra, e foi muito difícil devolver o saque dele no primeiro set. Então, demorou um tempo para eu me ajustar e começar a ler melhor o saque dele", comenta o sérvio, que enfrentará nas oitavas um grande sacador, o norte-americano John Isner.

Djokovic tem nove vitórias e apenas duas derrotas contra Isner no circuito. O sérvio levou a melhor nos últimos seis embates contra o norte-americano de 34 anos e 17º colocado no ranking. O reencontro acontece a partir das 3h (de Brasília) desta quinta-feira.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis