Notícias | Dia a dia
Estrella Burgos se emociona após jogo de despedida
09/10/2019 às 19h59

Derrota para Thiago Monteiro marcou a despedida de Estrella Burgos do circuito

Foto: Divulgação

Santo Domingo (República Dominicana) - A vitória de Thiago Monteiro sobre o Victor Estrella Burgos na última terça-feira decretou o fim da carreira profissional do dominicano de 39 anos. Estrella Burgos escolheu a capital de seu país, Santo Domingo, para disputar seu último torneio e parou na segunda rodada da competição em quadras de har-tru (saibro verde).

Logo após a derrota por duplo 6/2 para Monteiro, Estrella Burgos foi às lágrimas, recebeu um forte abraço do jogador brasileiro e foi ovacionado pelo público dominicano. Durante a partida, os torcedores fizeram de tudo para incentivar o atleta da casa, levando instrumentos musicais e entoando cantos de apoio ao anfitrião. Na última segunda-feira, ele venceu o salvadorenho Marcelo Arevalo por duplo 7/5 e conseguiu sua última vitória como profissional.

Embora a carreira profissional de Estrella Burgos tenha começado ainda em 2002, o dominicano conseguiu se estabelecer na elite do circuito já na reta final de sua trajetória. Ele só entrou no top 100 em março de 2014 e disputou seus primeiros Grand Slam da carreira naquele mesmo ano, em Roland Garros, Wimbledon e no US Open, onde conseguiu duas vitórias e chegou à terceira rodada.

Mesmo veterano, Estrella Burgos prolongou ao máximo sua carreira profissional e conseguiu conquistar três títulos de ATP. Todos os troféus foram no saibro de Quito, nos anos de 2015, 2016 e 2017. O dominicano é até hoje o único campeão de ATP de seu país e o jogador mais velho da Era Aberta a ganhar seu primeiro título profissional já aos 34 anos.

Estrella Burgos chegou ao 43º lugar do ranking mundial em julho de 2015 e também conseguiu disputar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016. Ele ocupava atualmente apenas a 859ª colocação. O dominicano venceu 84 jogos de nível ATP, sendo seis em Grand Slam e conquistou sete títulos de challenger. Ele detém todos os recordes de seu país na Copa Davis. Do total de 65 vitórias, 43 foram em simples e 22 em duplas. O dominicano participou de 48 confrontos ao longo de 21 anos.

Em entrevista ao TenisBrasil realizada durante o Brasil Open de 2017, em São Paulo, Estrella Burgos falou sobre o momento do tênis em seu país e suas metas para o futuro. "Quero transmitir minha experiência e aprendizado no circuito aos jovens que estão começando a jogar e que estão começando a explorar o mundo do tênis profissional. No futuro, a meta e ter uma academia e treinar jogadores que tenham talento para seguir a carreira profissional".

"A República Dominicana nunca teve um jogador neste nível e, com certeza, a minha carreira vai contribuir para que no futuro mais meninos queiram jogar tênis. Estamos melhorando e já temos alguns jogadores com ranking, desde 250 até 1.000, interessados e bastante entusiasmados. Creio que, sem dúvida, a minha carreira desperta interesse nos jovens".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis