Notícias | Dia a dia
Federer não poupa elogios à atuação de Goffin
10/10/2019 às 15h35

Xangai (China) - Não foi nada fácil para o suíço Roger Federer superar seu segundo teste no Masters 1000 de Xangai, principalmente no primeiro set, que por pouco não acabou nas mãos de David Goffin, que desperdiçou cinco set-points. Mesmo assim, o belga recebeu elogios do cabeça de chave número 2 no torneio pela apresentação firme que teve no decorrer do embate.

“Não consegui comandar a partida em momento algum, David fez um bom trabalho e foi muito melhor do que no US Open”, disse Federer, que venceu Goffin com parciais de 7/6 (9-7) e 6/4, um placar bem mais apertado do que o último triunfo do suíço sobre o belga, que venceu apenas quatro games nas oitavas de final em Flushing Meadows neste ano.

"Ele entrou na partida com uma estratégia bem clara e muito bem executada, não diria que ditou a partida, mas conseguiu fazer boa parte do jogo em seus termos. Estava se movimentando muito rápido e tomou decisões inteligentes, o que acabou me dando muito trabalho, principalmente para conseguir bolas vencedoras, pois estava chegando em todas”, observou Federer.

O suíço ainda destacou a importância de ter levado a melhor na parcial inicial, fazendo 1 a 0 após faturar o tiebreak. “Foi muito duro e conseguir vencer o primeiro set foi chave para o resultado final”, comentou o número 3 do mundo, que nas quartas de final em Xangai medirá forças com o alemão Alexander Zverev, algoz do russo Andrey Rublev em sets diretos.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis