Notícias | Dia a dia
Nova geração domina as semifinais em Xangai
11/10/2019 às 18h07

Todos os semifinalistas do Masters 1000 de Xangai têm menos de 24 anos

Foto: Arte/ATP

Xangai (China) - A nova geração do circuito masculino mostrou força durante a semana no Masters 1000 de Xangai e dominou a lista de semifinalistas. Os mais velhos entre os quatro restantes no torneio são o italiano Matteo Berrettini e o russo Daniil Medvedev, ambos com 22 anos, seguidos pelo alemão Alexander Zverev com 22 e pelo grego Stefanos Tsitsipas com 21.

A última vez que os quatro semifinalistas de um Masters tinham menos de 24 anos aconteceu há duas décadas, no saibro de Hamburgo em 1999. Na ocasião, o mais velho era o chileno Marcelo Rios, então com 23 anos. Com 22 anos, estavam o equatoriano Nicolas Lapentti e o espanhol Carlos Moyá, enquanto o argentino Mariano Zabaleta tinha 21 anos.

Entre os semifinalistas, dois deles eliminaram lendas do esporte. Tsitsipas despachou Novak Djokovic, enquanto Zverev foi algoz de Roger Federer na rodada desta sexta-feira pelas quartas de final do torneio chinês.

"Eles estão batendo na porta. É emocionante", disse Federer após a derrota por 6/3, 6/7 (7-9) e 6/3 para Zverev nas quartas. "Eles são ótimos. Acho que o torneio está realmente aberto agora. Também foi surpreendente ver o Novak perder, apesar de o Tsitsipas ter jogado muito bem até agora. É um momento emocionante no tênis".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis