Notícias | Dia a dia
Monteiro chega à semi e encara embalado peruano
11/10/2019 às 19h23

Monteiro tenta alcançar a sexta final de challenger de sua carreira

Foto: João Pires/Fotojump

Santo Domingo (República Dominicana) - Primeiro brasileiro a atuar na rodada desta sexta-feira pelo challenger de Santo Domingo, Thiago Monteiro confirmou seu favoritismo e garantiu vaga na semifinal do torneio disputado em quadras de har-tru (saibro verde). Número 1 do país e 106º do ranking, Monteiro derrotou o chileno de 22 anos e 224º colocado Alejandro Tabilo por 6/3 e 6/2 em apenas 1h09 de partida.

Esta será a quarta semifinal da temporada para Monteiro e a segunda nas últimas três semanas, repetindo o resultado que teve em Buenos Aires. No intervalo entre esses dois torneios, o cearense disputou o challenger de Campinas e foi eliminado ainda na rodada de estreia da competição.

O adversário de Monteiro na semifinal será o peruano Juan Pablo Varillas, jogador de 24 anos e 238º do ranking. Depois de conquistar seu primeiro challenger em Campinas, na semana passada, Varillas manteve o embalo no circuito e marcou sua décima vitória seguida. Nesta sexta-feira, o peruano derrotou o argentino Facundo Bagnis, 156º do ranking, por duplo 6/3.

Monteiro tem três títulos de challenger na carreira, sendo dois deles conquistados neste ano. Aos 25 anos, o cearense tenta alcançar sua sexta final em torneios deste porte. Ele também deve se aproximar do top 100, com os 45 pontos já garantidos, tendo apenas oito a descartar de seu 18º e último resultado válido. A melhor marca da carreira foi o 74º lugar.

Até o final do ano Monteiro ainda terá mais 29 pontos a defender. O canhoto de Fortaleza tenta se manter entre os cem melhores do mundo para garantir vaga direta no Australian Open de 2020. Se for finalista, ele fará 75 pontos, enquanto o título vale 125 pontos e o colocaria bem perto da 80ª colocação.

O tênis brasileiro pode ter mais um representante entre os semifinalistas em Santo Domingo. O gaúcho Guilherme Clezar, jogador de 26 anos e 368º do ranking, desafia o argentino Federico Coria, número 148 do mundo e cabeça 8 do torneio. O vencedor enfrentará o boliviano Hugo Dellien ou o italiano Alessandro Giannessi.

Veja como foi a vitória de Monteiro
Mesmo cometendo alguns erros não-forçados nos primeiros games da partida, Monteiro já abriu larga vantagem logo de cara. Dominando os pontos do fundo de quadra, o cearense conquistou rapidamente duas quebras de serviço para liderar o placar por 4/0. Ainda que o chileno tenha diminuído a vantagem, o número 1 permaneceu na liderança até o fim do set. Sacando para fechar, entretanto, ele precisou salvar um break point.

O segundo set foi ainda mais tranquilo para Monteiro, que não enfrentou break points e cedeu apenas cinco pontos em seus games de saque. Além disso, ele venceu todos os doze pontos disputados quando colocou o primeiro serviço em quadra. Com duas novas quebras, uma delas logo no game de abertura da parcial, ele ampliou sua vantagem e rumou para a rápida e tranquila vitória.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis