Notícias | Dia a dia
Soares supera Melo e vence a primeira com Pavic
13/10/2019 às 07h27

Xangai (China) - Demorou um pouco, mas enfim veio a primeira conquista da dupla do mineiro Bruno Soares com o croata Mate Pavic. Neste domingo eles conquistaram o título do Masters 1000 de Xangai ao vencer a final contra o mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, atuais campeões, com parciais de 6/4 e 6/2, em 1h10 de partida.

Soares e Pavic chegaram em Xangai com 7 vitórias e 7 derrotas juntos, mas nesta semana brilharam e não deixaram um set sequer na campanha do título. Campeões, o mineiro e o croata dividirão uma premiação de US$ 408.840. Já os vice-campeões Melo e Kubot recebem juntos US$ 199.520.

Com os pontos somados, a parceria mineiro-croata chegará a 1.720 na corrida da temporada, subindo 21 colocações e alcançando a 18ª. A chance de classificação para o ATP Finals ainda existe, mas é bastante remota, uma vez que precisam descontar pelo menos 1.120 pontos em relação à zona de classificação para Londres.

Logo no primeiro game, Soares e Pavic já pressionaram o saque dos rivais e tiveram as duas primeiras chances de quebra. Eles não as converteram, mas no terceiro game não deixaram a próxima oportunidade escapar e aproveitaram o break-point. Bastou então ao mineiro e ao croata administrar a vantagem até o fim para abrir 1 a 0.

A história da segunda parcial foi parecida, novamente com uma quebra já no terceiro game. Só que desta vez Soares e Pavic ampliaram a vantagem, no sétimo, salvando antes um break-point contra no sexto. Depois de abrir 5/2, a dupla do mineiro com o croata foi ao saque e confirmou a vitória já no primeiro match-point que tiveram.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis