Notícias | Dia a dia
Gauff brilha e conquista em Linz seu primeiro WTA
13/10/2019 às 11h33

Linz (Áustria) - Principal sensação da temporada, a norte-americana Coco Gauff segue surpreendendo pela precocidade. Depois de despontar para o circuito com uma vitória sobre a compatriota Venus Williams em Wimbledon, a tenista de apenas 15 anos chegou neste domingo ao seu primeiro título de WTA, conquistando a taça em Linz.

Na final ela teve pela frente a letã Jelena Ostapenko, campeã de Roland Garros em 2017, e levou a melhor em três sets, triunfando com o placar final de 6/3, 1/6 e 6/2, após 1h40 de jogo. Com a conquista, a jovem norte-americana irá disparar 39 posições no ranking e debutará no top 100 direto na 71ª colocação.

Gauff se tornou apenas a terceira lucky-loser na história a vencer um torneio no circuito feminino. A primeira foi Andrea Jaeger em Las Vegas, ainda em 1980. A segunda foi a sérvia Olga Danilovic no saibro de Moscou no ano passado. Ela também se tornou a mais jovem campeã desde a tcheca Nicole Vaidisova, que em 2004 faturou títulos em Vancouver e Tashkent aos 15 anos e 5 meses.

Os três primeiros games da partida foram para a norte-americana, que salvou dois break-points logo no game inicial e conseguiu sua quebra na sequência. Com 3/0 de frente no placar, bastou Gauff administrar a vantagem até o fim para sair na frente. Ela perdeu apenas cinco pontos com o saque nos seus quatro games seguintes de serviço e marcou 1 a 0.

A resposta de Ostapenko veio com firmeza na segunda parcial, em que a letã cedeu apenas um game à rival, curiosamente sendo quebrada. A atual 72 do mundo venceu os três games de Saque de Gauff, marcou 6/1 e empatou a partida, levando a decisão para o terceiro set.

Mesmo ainda sem grande experiência no circuito, Gauff provou ter maturidade e absorveu bem a recuperação da oponente, jogando muito bem no começo da terceira parcial. A norte-americana abriu 5/0 e por pouco não fechou com um ‘pneu’, mas Ostapenko salvou dois match-points com o saque no sexto game. A letã chegou a devolver uma das quebras, no sétimo, mas logo em seguida voltou a perder o saque e o jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis