Notícias | Dia a dia
Murray tem altos e baixos, mas estreia com vitória
15/10/2019 às 16h41

Murray agora espera pelo vencedor do duelo sul-americano entre Dellien e Cuevas

Foto: Divulgação

Antuérpia (Bélgica) - Em mais um passo de sua longa recuperação depois de duas cirurgias no quadril, Andy Murray estreou com vitória no ATP 250 da Antuérpia, em quadras duras e cobertas. O ex-número 1 do mundo conseguiu superar o convidado local Kimmer Coppejans, 158º do ranking, por 6/4 e 7/6 (7-4) em 1h44 de partida. Com ainda naturais altos e baixos, o britânico disparou cinco aces, fez cinco duplas-faltas e sofreu três quebras de serviço, conquistando quatro a seu favor.

O adversário de Murray nas oitavas de final virá do duelo sul-americano entre o uruguaio Pablo Cuevas, 45º do ranking, e o boliviano Hugo Dellien, 79º colocado. O britânico venceu os dois duelos anteriores que fez contra Cuevas, enquanto um eventual embate com Dellien seria inédito.

A vitória na estreia do torneio belga rende 20 pontos no ranking da ATP a Murray. O ex-número 1 do mundo iniciou a semana no 243 lugar, 46 posições acima da marca da semana anterior. Com o resultado desta terça-feira, ele deve se aproximar da 220ª colocação. Se o britânico chegar às quartas, fará 45 pontos e ficará mais perto do top 200.

Veja como foi a estreia de Murray no torneio
Diante de um rival que fez mais de 40 jogos no saibro neste ano e disputava apenas seu quinto torneio em quadras duras em 2019, Murray parecia muito mais adaptado às condições do piso no início da partida. Não demorou para que o britânico conseguisse uma quebra de serviço e já liderasse o placar por 3/0. Entretanto, o desempenho no saque não foi tão bom para o ex-número 1 do mundo, que acabou permitindo uma quebra após duas duplas-faltas no mesmo game.

Como já tem sido frequente nas últimas semanas, Murray exibia uma boa movimentação do fundo de quadra, mas vinha sendo inconstante em seus golpes e cometia muitos erros não-forçados. Mesmo dando alguns pontos de graça ao adversário, o britânico criou três novas chances de quebra na reta final do set e aproveitou uma delas. Mesmo com apenas 44% de primeiros serviços em quadra durante a parcial, o ex-líder do ranking só encarou um break point em todo o set.

O segundo set começou com três quebras seguidas, sendo duas a favor de Coppejans. Murray ainda salvou um break point quando perdia por 3/1 e que poderia deixá-lo em situação delicada no placar. Logo na sequência, o britânico conseguiu devolver a quebra para buscar o empate. Depois disso, Murray passou a confirmar seus games de serviço com mais tranquilidade.

O tiebreak começou melhor para o belga, que abriu 3-1, mas Murray conseguiu reagir contando com erros e uma dupla-falta do rival para vencer quatro pontos seguidos. Coppejans até encaixou uma boa devolução para reduzir a diferença, mas o britânico conseguiu finalizar a partida mostrando muita consistência nos dois últimos ralis.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis