Notícias | Dia a dia
Pigossi faz quartas na Nigéria, Pedretti cai para favorita
17/10/2019 às 19h25

Laura Pigossi disputa seu segundo torneio seguido na Nigéria

Foto: Arquivo

Lagos (Nigéria) - Depois de fazer uma boa campanha na última semana, com vice-campeonato de simples e título de duplas, Laura Pigossi segue atuando em Lagos, na Nigéria, e chega às quartas de final de mais um ITF W25 no piso duro. Única brasileira no torneio, ela venceu a convidada local Blessing Samuel por 6/0 e 6/1.

Paulista de 25 anos e atual 528ª colocada no ranking mundial, Pigossi tem como melhor marca da carreira o 247º lugar, alcançado ainda em 2014. Ela deverá ganhar em torno de cem posições quando os 30 pontos da semana passada forem computados. Sua próxima adversária é a eslovena Nastja Kolar.

Nas duplas, Pigossi e a indiana Rutuja Bhosale foram beneficiadas pela desistência das sul-africanas Isabella Kruger e Zoe Kruger e avançaram diretamente à semifinal. Elas enfrentam a burundinense Sada Nahimana e a holandesa Lexie Stevens.

Pedretti cai nas oitavas - Vinda de uma final em Claremont, na California, Thaísa Pedretti disputou mais um torneio nos Estados Unidos e caiu nas oitavas de final do ITF W25 no piso duro de Waco, no Texas. A paulista de 20 anos e 488ª do ranking foi superada pela canadense de 17 anos Leylah Annie Fernandez, cabeça 2 do torneio, por 6/4 e 6/3. Fernandez é a atual campeã juvenil de Roland Garros e líder do ranking mundial da categoria. Entre as profissionais, a jovem canadense já aparece no 248º lugar da WTA.

Nas duplas, Pedretti e a carioca Ingrid Martins são semifinalistas. As brasileiras venceram as britânicas Alicia Barnett e Jodie Anna Burrage por 3/6, 6/3 e 10-5. Elas certamente enfrentarão norte-americanas, que podem ser Jamie Loeb e Catherine Harrison ou Vanessa Ong e Savannah Broadus.

Carol cai na semi de duplas - Representante brasileira na chave de duplas do ITF W25 de Sevilha, Carolina Meligeni Alves caiu na semifinal. Ela e a venezuelana Andrea Gamiz perderam por 6/1 e 6/3 para a belga Marie Benoit e a alemã Julia Wachaczyk.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis