Notícias | Dia a dia
Demoliner comemora na Rússia seu segundo ATP
19/10/2019 às 13h27

Demoliner disputou duas finais ao lado de Middelkoop

Foto: Divulgação

Moscou (Rússia) - Pela segunda vez na carreira, Marcelo Demoliner conquistou um título na elite do circuito. Único brasileiro na chave do ATP 250 de Moscou, Demoliner se juntou ao holandês de 36 anos Matwe Middelkoop e conquistou o torneio russo disputado em quadras duras e cobertas.

Demoliner e Middelkoop venceram neste sábado o italiano Simone Bolelli e o argentino Andres Molteni por 6/1 e 6/2 em apenas 55 minutos de partida. Os campeões foram firmes no saque durante todo o jogo, embora tivessem enfrentado três break points, e conseguiram quatro quebras de serviço.

Aos 30 anos, Demoliner disputou sua 11ª final de ATP. Seu único título até então havia sido conquistado no ano passado, na grama de Antalya, na Turquia, ao lado do mexicano Santiago Gonzalez. O gaúcho de Caxias do Sul havia disputado outras duas finais na temporada, uma delas em Zhuhai, há três semanas, já ao lado de Middelkoop.

O melhor ranking da carreira de Demoliner foi o 34º lugar, alcançado em novembro de 2017. O atual 52º colocado no rankig mundial dos duplistas faz 250 pontos, mas precisava defender 150 nesta semana, já que ficou com o vice-campeonato na Antuérpia no ano passado. Ainda assim, deverá voltar ao grupo dos cinquenta melhores do mundo.

Parceiro de Demoliner nas últimas quatro semanas, Middelkoop é o atual 63º colocado no ranking, mas já esteve no top 30 em agosto. O veterano holandês acumula oito títulos de ATP e disputou sua quinta final na temporada. Ele ainda não havia vencido nenhum torneio neste ano.

Soares na final em Estocolmo
O tênis brasileiro pode terminar a semana com dois títulos de duplas no circuito da ATP. Isso porque o mineiro Bruno Soares está na final de Estocolmo ao lado do croata Mate Pavic. Eles enfrentam neste domingo o finlandês Henri Kontinen e o francês Edouard Roger-Vasselin.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis