Notícias | Dia a dia
Previsão de pai de Tomic fica bem longe de acontecer
21/10/2019 às 11h21

Madri (Espanha) - Um dos jogadores mais controversos do tênis atual, o australiano Bernard Tomic passou bem longe de conseguir concretizar uma previsão feita por seu pai anos atrás. Segundo relembrou uma matéria do Punto de Break, John Tomic profetizou que o filho venceria entre 10 e 15 Grand Slam até 2019.

Bernard ainda tinha 15 anos e sequer havia estreado no circuito profissional quando seu pai soltou uma declaração exagerada cobrando um maior apoio da federação australiana. “Exijo que contratem Darren Cahill para trabalhar com meu filho, já disse que podem apostar totalmente nele”, falou John para Tod Woodbridge e Craig Tiley.

E o pai de Tomic não parou por aí, fazendo uma previsão que se comprovou das mais erradas da história do tênis. “Se lhe derem todas as facilidades, posso assegurar que entre os 20 e 27 anos ganhará entre 10 e 15 Grand Slam”, afirmou John em 2007.

Leia mais: 'Ainda sou novo e posso vencer um Slam', diz Tomic

Nesta segunda-feira, dia 21 de outubro, Bernard completa 27 anos de idade e o número de títulos de Slam projetados pelo pai não se concretizaram nem em nível ATP 250. O australiano conquistou somente quatro títulos de primeira linha no tênis profissional, o último deles em Chengdu, na temporada passada.

Ocupando atualmente a modesta 185ª colocação no ranking, Tomic tem ainda mais dois vice-campeonatos, um deles em Acapulco, onde disputou sua única final, até então, de ATP 500 da carreira. Além disso, ele tem mais três conquistas em nível challenger e um vice-campeonato nas duplas, ao lado do norte-americano Jack Sock, no ATP 500 de Pequim de 2016.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis