Notícias | Dia a dia
Wild vence em Lima e desafia principal favorito
21/10/2019 às 17h27

Próximo jogo de Wild será contra o ex-top 20 Marco Cecchinato

Foto: João Pires/Fotojump

Lima (Peru) - A participação brasileira no challenger de Lima começou com uma vitória de Thiago Wild. O jovem paranaense de 19 anos e número 342 do ranking marcou as parciais de 6/4 e 6/3 contra o espanhol Oria Roca Batalla, 301º colocado, em sua partida de estreia no saibro da capital peruana.

Wild consegue, assim, a 22ª vitória em nível challenger da carreira e a 19ª da temporada. O resultado também rende três pontos no ranking da ATP ao jovem jogador, que não defende pontos nesta semana. Ele chegou a ocupar o 321º lugar no início de setembro. 

O próximo compromisso de Wild no torneio será contra o italiano Marco Cecchinato, principal cabeça de chave da competição e número 73 do mundo. Cecchinato já chegou a ocupar o 16º lugar do ranking no início deste ano e foi semifinalista de Roland Garros na temporada passada.

O jovem paulista de 21 anos Felipe Meligeni Alves, número 384 do mundo, era outro brasileiro que poderia cruzar o caminho de um favorito, mas foi eliminado ainda na estreia. Ele perdeu para o espanhol Iñigo Cervantes, ex-top 60 e atual 688º colocado, por 4/6, 6/3 e 6/4. Cervantes, que ficou sem jogar entre maio do ano passado e julho deste ano, precisou do ranking protegido para entrar na chave. O espanhol de 29 anos  desafiará o cabeça 2 argentino Leonardo Mayer, número 95 do mundo.

Dois brasileiros atuaram pela rodada única do qualificatório e tiveram rumos opostos. O gaúcho Rafael Matos, 501º do ranking, venceu o anfitrião Rodrigo Sanchez por 4/6, 6/4 e 6/0 e vai enfrentar o convidado local Conner Huertas del Pino. Já o carioca Wilson Leite perdeu para o colombiano Alejandro Gonzalez por 6/2 e 7/5.

A rodada desta segunda-feira ainda tem mais brasileiros em quadra. O gaúcho Orlando Luz, número 306 do mundo, estreia contra o 337º colocado Christian Lindell, jogador nascido no Rio de Janeiro, mas que defende a Suécia, por ter dupla nacionalidade. O paulista Pedro Sakamoto, 347º, enfrenta o dominicano José Hernández-Fernández, 274º, e o gaúcho Oscar Gutierrez, 366º, adversário do anfitrião e 356º do ranking Nicolás Álvarez.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis