Notícias | Dia a dia
Com autoridade, Federer vence 22ª seguida em casa
23/10/2019 às 15h14

Federer já garante vaga nas quartas e pode enfrentar o compatriota Stan Wawrinka

Foto: Divulgação

Basileia (Suíça) - Com excelente histórico no ATP 500 da Basileia, especialmente nos últimos anos, Roger Federer deu mais um firme passo em busca do décimo título em sua cidade natal. O suíço precisou de 1h02 para marcar as tranquilas parciais de 6/0 e 6/3 contra o moldavo Radu Albot, 49º do ranking para chegar às quartas de final da competição em quadras duras e cobertas.

A tranquila vitória desta quarta-feira em nada lembrou o único duelo anterior entre Federer e Albot, disputado no dia 23 de março em Miami. Na ocasião, o suíço também saiu vencedor, mas o moldavo conseguiu equilibrar as ações, chegando a vencer o primeiro set.

Federer defende uma invencibilidade de 22 jogos na Basileia. Ele venceu as últimas quatro edições que disputou, já que não participou do evento em 2016. Além de seus nove títulos, o suíço esteve em outras cinco finais, totalizando 14. O anfitrião também foi finalista do evento em suas últimas doze participações. A última derrota de Federer em casa foi na final de 2013 para Juan Martin del Potro.

Garantido nas quartas de final, Federer só volta a atuar na próxima sexta-feira. O veterano de 38 anos pode ter um duelo suíço contra Stan Wawrinka ou encarar o jovem norte-americano de 21 anos Frances Tiafoe. O número 3 do mundo já jogou 26 vezes contra Wawrinka e venceu 23. Já diante de Tiafoe, o suíço venceu os três duelos anteriores.

Até agora, os dois jogos que Federer fez na Basileia foram muito tranquilos. A partida de estreia contra o alemão vindo do quali Peter Gojowczyk foi definida em apenas 53 minutos na última segunda-feira e terminou com parciais de 6/2 e 6/1. Aquele foi o jogo de número 1.500 da carreira do suíço, que acumula 1.233 vitórias no circuito.

Suíço começou a partida com um 'pneu'

Federer precisou de apenas 23 minutos para vencer o primeiro set, mesmo enfrentando dois games longos em seu serviço. Muito mais firme do fundo de quadra e aproveitando o fato de a bola do rival vir curta, o suíço disparou 13 winners contra apenas dois de Albot e cada jogador cometeu nove erros não-forçados.

O domínio de Federer continuou no início do segundo set. Com um lance magistral, cruzando toda a quadra para buscar uma curtinha, o suíço já conseguiu um 0-40 logo de cara e conseguiu a quebra que o deixou em situação ainda mais tranquila no placar. Albot só sairia do zero depois de 39 minutos e nove games disputados, foi aplaudido pelo público e agradeceu pelo apoio.

Mesmo com 1,75m Albot tentava sacar de forma agressiva e arriscou até mesmo o saque e voleio, mas só ganhou um ponto em seis subidas à rede. O moldavo chegou a confirmar dois games com maior tranquilidade no fim do jogo, mas Federer conseguiria mais uma quebra para definir a vitória em sets diretos. O suíço liderou a contagem de winners por 32 a 13 e terminou o jogo com 21 erros contra 19 de Alobt, além de vencer quatro pontos em oito subidas à rede.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis