Notícias | Dia a dia
Menezes bate favorito e também avança em Lima
24/10/2019 às 18h46

Menezes conseguiu sua terceira vitória contra top 100 na carreira

Foto: João Pires/Fotojump

Lima (Peru) - Os brasileiros seguem conseguindo bons resultados no challenger de Lima. Um dia depois de Thiago Wild superar o principal favorito Marco Cecchinato, foi a vez de João Menezes eliminar o segundo cabeça de chave Leonardo Mayer. O mineiro de 22 anos e número 201 do mundo derrotou o experiente argentino de 32 anos e 95º colocado por 6/4, 1/6 e 6/4 em 1h59 de partida.

Com o resultado, Menezes agora se junta a Wild entre os brasileiros já garantidos nas quartas de final. Isso porque o jovem paranaense de 19 anos também derrotou o argentino Andrea Collarini no início da rodada desta quinta-feira. O número de atletas nacionais nas quartas ainda pode subir, caso o cearense Thiago Monteiro e o gaúcho Orlando Luz vençam seus jogos.

A vitória sobre Mayer é a terceira contra top 100 na carreira de Menezes. A primeira foi sobre o cazaque Alexander Bublik, então 96º do ranking, pelo challenger mexicano de Puerto Vallarta em abril. Já a mais recente foi diante do chileno Nicolas Jarry, então número 55 do mundo, na vitoriosa campanha até a medalha de ouro nos Jogos Pan Americanos, também realizados em Lima.

A campanha até as quartas de final do torneio peruano rende 15 pontos na ATP a Menezes, que começou o ano como 392º do ranking e chegou a ocupar o 194º lugar no início de setembro. Ele deve se aproximar de seu recorde pessoal, com isso. Dono de 32 vitórias em torneios de nível challenger na temporada, o mineiro de Uberaba alcançou duas finais e ganhou um título.

Menezes é o segundo brasileiro a vencer Mayer nas últimas semanas. Em Santo Domingo, o gaúcho Guilherme Clezar foi o algoz do argentino, ex-número 21 do mundo e dono de dois títulos de ATP. O mineiro enfrentará mais um argentino. Ele encara Federico Coria, 131º do ranking, em confronto inédito no circuito. 

Veja como foi a vitória de Menezes em três sets
Com muitos erros não-forçados nos primeiros games da partida, Menezes acabou sofrendo uma quebra de serviço logo de cara, mas conseguiu reagir de imediato, ao encaixar boas devoluções e contar com uma dupla-falta do rival. Depois disso, o mineiro passou a ser muito firme no saque até o fim do set, sem enfrentar novos break points e cedendo apenas outros quatro pontos em seu serviço. Quando vencia por 5/4, Menezes conseguiu uma nova quebra para fechar o set, com direito a quatro erros do argentino.

No segundo set, Menezes baixou a intensidade e foi dominado por Mayer. O argetino controlou as ações do fundo de quadra, conseguiu três quebras de saque e só perdeu três pontos quando jogou com o primeiro serviço. Mas a reação do ex-top 30 parou por aí. Logo na abertura do terceiro set, Menezes conseguiu uma nova quebra, que decisiva para o resultado final. O mineiro fez um set muito consistente no saque, sem enfrentar um break point sequer até o fim do jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis