Notícias | Dia a dia
Djokovic vê Federer cair na chave de Nadal em Paris
25/10/2019 às 15h28

Paris (França) - Foi realizado nesta sexta-feira o sorteio que definiu a chave do Masters 1000 de Paris, último evento da temporada regular da ATP antes do Finals de Londres. Atual vice-campeão, o sérvio Novak Djokovic escapou de ter o suíço Roger Federer em sua metade da chave, vendo o destro da Basileia cair no lado do espanhol Rafael Nadal.

Líder do ranking com os dias contados, perdendo o número 1 na segunda-feira seguinte à final na capital francesa, Djokovic entra direto na segunda rodada e pode ter uma estreia um pouco mais dura contra o atleta da casa Richard Gasquet. Porém, para que isso aconteça o francês precisará superar outro sérvio na primeira rodada: Dusan Lajovic.

Nas oitavas, ‘Nole’ tem tudo para encarar o argentino Diego Schwartzman, cabeça de chave número 14, ao passo que nas quartas os favoritos para um eventual duelo são o grego Stefanos Tsitsipas e o espanhol Roberto Bautista, ambos com vitórias sobre o sérvio na atual temporada.

Se Federer e Nadal ficaram na outra metade da chave, Djokovic tem do seu lado o embaladíssimo Daniil Medvedev, que fez final nos últimos seis torneios que disputou. O russo abre campanha contra o argentino Guido Pella ou um atleta vindo do quali, pode cruzar com o norte-americano John Isner nas oitavas e com o austríaco Dominic Thiem ou com o belga David Goffin nas quartas.

Nadal tem rivais duros já no começo

Assim como acontece com os 16 pré-classificados, Nadal só estreia na segunda rodada e não deve ter dificuldade para superar o convidado da casa Adrian Mannarino ou um atleta do quali. Nas oitavas ele pode ter seu primeiro grande desafio, cruzando com o suíço Stan Wawrinka ou com o croata Marin Cilic.

O italiano Matteo Berrettini, que vive bom momento no circuito, pode cruzar com o canhoto de Mallorca nas quartas. Correm por fora no quadrante nomes como o do francês Jo-Wilfried Tsonga, e dos russos Karen Khachanov, campeão do ano passado, e Andrey Rublev.

Federer vai abrir campanha contra o georgiano Nikoloz Basilashvili ou contra o moldávio Radu Albot, que foi dominado pelo suíço nesta semana na Basileia. Nas oitavas ele tem tudo para encarar um atleta da casa: Gael Monfils ou Benoit Paire. Nas quartas, os favoritos a surgir pelo caminho são o italiano Fabio Fognini e o alemão Alexander Zverev.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis