Notícias | Dia a dia
Monteiro supera argentino e garante vaga na semi
25/10/2019 às 19h57

Monteiro foi semifinalista em três dos últimos quatro torneios que disputou

Foto: Arquivo

Lima (Peru) - Depois de João Menezes ser eliminado do challenger de Lima pelo argentino Federico Coria, Thiago Monteiro deu o troco a favor dos brasileiros e garantiu seu lugar na semifinal da competição no saibro da capital peruana. Terceiro cabeça de chave do torneio e número 94 do mundo, Monteiro venceu o 260º colocado Juan Pablo Ficovich por 7/5 e 6/3 em 1h25 de partida.

Com o resultado, Monteiro repete a campanha do ano passado em Lima, em que também foi semifinalista. Assim, o cearense de 25 anos defende os 29 pontos e evita a perda de posições, podendo até ganhar espaço em caso de mais vitórias ao longo da semana. O vice-campeonato rende 40 pontos na ATP e o título vale 80 no total.

Existe a possibilidade de um confronto brasileiro na semifinal. Para isso, é necessário que o jovem paranaense de 19 anos e 342º do ranking Thiago Wild vença seu jogo no complemento da rodada desta sexta-feira. Wild enfrenta o embalado peruano Juan Pablo Varillas, que vem de 14 vitórias seguidas e ocupa a 161ª posição. Varillas já eliminou dois brasileiros, os gaúchos Guilherme Clezar e Orlando Luz.

Esta é a terceira semifinal que Monteiro alcança nos últimos quatro torneios. Ele já havia feito essas mesmas campanhas em Buenos Aires e em Santo Domingo. Nesse intervalo, também sofreu uma eliminação na estreia em Campinas. Dono de três títulos de challenger na carreira, dois deles neste ano, o cearense tenta alcançar sua sexta final em competições deste porte.

Em 2019, Monteiro acumula 28 vitórias em torneios profissionais de nível challenger, e foi campeão em Braunschweig e em Punta del Este. Ele também conseguiu mais cinco vitórias pela elite do circuito e furou dois qualis de Grand Slam, em Roland Garros e em Wimbledon.

Veja como foi a vitória de Monteiro nas quartas de final

Monteiro fez um primeiro set muito firme em seus games serviço, mesmo precisando salvar dois break points ao longo da parcial. O cearense cedeu apenas dez pontos no saque, sendo somente quatro quando colocou o primeiro serviço em quadra. As primeiras chances de quebra a favor do número 1 do Brasil aconteceram quando o placar estava empatado por 4/4. Ficovich salvou os dois break points e confirmou o saque, mas Monteiro voltaria a pressionar dois games mais tarde para conseguir a quebra.

O segundo set começou equilibrado e, novamente, Monteiro foi muito firme no saque. Com apenas cinco pontos perdidos em seus games de serviço, o canhoto de Fortaleza sequer enfrentou break points durante a parcial. A primeira quebra aconteceria apenas no sétimo game, após uma dupla-falta do argentino, fazendo com que o atleta brasileiro liderasse por 4/3. Dois games mais tarde, Monteiro voltou a quebrar e fechou o jogo.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis