Notícias | Dia a dia
De Minaur vence gigante Opelka em duelo de tiebreak
26/10/2019 às 12h33

De Minaur jamais perdeu uma final de nível ATP em três disputadas, todas neste temporada

Foto: ATP

Basileia (Suíça) - Num jogo decidido em três tiebreaks, o australiano Alex de Minaur derrubou pela quarta vez nesta temporada o gigante norte-americano Reilly Opelka, de 2,11m, e com isso garantiu seu lugar na decisão do ATP 500 da Basileia. O apertado placar foi de 7/6 (7-2), 6/7 (4-7) e 7/6 (7-3), com um dado estatístico bem curioso: o australiano cometeu apenas quatro erros não forçados.

Convidado da organização, De Minaur já está na quarta final de sua carreira, jamais tendo perdido uma semi de nível ATP. Ele já venceu neste ano em Sydney, Atlanta e Zhuhai. Ele assim pode se igualar a Novak Djokovic, Rafael Nadal, Daniil Medvedev e Dominic Thiem, que já somam quatro troféus em 2019. Thiem está na decisão de Viena e pode ir a cinco.

Primeiro australiano na final da Basileia desde Mark Philippoussis, em 1997, De Minaur dará outro salto significativo no ranking, saindo do 28º para o inédito 18º posto da lista da próxima segunda-feira. Poderá subir mais um posto caso supere o vencedor do duelo entre Roger Federer e Stefanos Tsitsipas.

O duelo contra Opelka, apenas dois anos mais velho, poderia ter sido um pouco mais simples, caso De Minaur aproveitasse a vantagem de 5/4 e 30-0 para fechar o primeiro set. Vacilou, mas foi muito consistente no tiebreak. Não houve um único break-point em todo o segundo set e aí Opelka prevaleceu no novo desempate. O norte-americano evitou quebra no terceiro game do set final e dos dois seguiram para o tiebreak, onde então De Minaur devolveu com qualidade para abrir 4-0 e jamais permitir reação.

Ao final do longo duelo de 2h30, Opelka disparou 59 winners, sendo 26 aces, enquanto o australiano fez 38, com 14 saques indefensáveis. A diferença nos erros no entanto foi enorme: 4 contra 45.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis