Notícias | Dia a dia
Berrettini estreia no top 10 e De Minaur no top 20
28/10/2019 às 10h41

Miami (EUA) - A segunda-feira foi de destaque para dois jovens tenistas no ranking da ATP. Um deles é o italiano Matteo Berrettini, de 23 anos, que ao alcançar as semifinais do ATP 500 de Vienna, perdendo para o ídolo local Dominic Thiem, conseguiu garantir sua estreia no top 10. Ele ganhou duas colocações na lista e agora é o nono melhor do mundo.

Outro que se deu bem foi o australiano Alex de Minaur, que ficou com o vice-campeonato no ATP 500 da Basileia, superado pelo suíço Roger Federer na final. O tenista de apenas 20 anos deu um salto de 10 posições com os 300 pontos conquistados na semana passada e entrou para o top 20 pela primeira vez, aparecendo na 18ª colocação.

Completando a lista dos jovens que estão cada mais bem colocados na ATP aparece o russo Karen Khachanov, que ganhou somente um lugar de uma semana para outra, mas ao assumir o oitavo posto no ranking atingiu sua melhor marca da carreira. Contudo, por defender o título do Masters 1000 de Paris nesta semana, ele corre o risco de despencar logo em seguida.

A maior ascensão no top 100 foi também de uma promessa: o espanhol Alejandro Davidivich, de 20 anos, que conquistou o título do challenger de Liuzhou, na China, e com isso disparou 11 colocações no ranking, indo até o 82º lugar, o mais alto da carreira até então.

Na contramão do espanhol aparece o sul-africano Kevin Anderson, aquele que teve a maior queda entre os 100 primeiros. Ele despencou 24 lugares e foi para o 45º posto. Também caíram bastante o cazaque Mikhail Kukushkin, que perdeu 10 colocações e agora é o 67º do mundo, e o espanhol Fernando Verdasco, que caiu nove lugares e aparece na 49ª posição.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis