Notícias | Dia a dia
Wild derruba embalado peruano e faz final inédita
02/11/2019 às 18h52

Guayaquil (Equador) - Pela primeira vez na carreira o paranaense Thiago Wild irá disputar uma final de challenger. Neste sábado, o jovem tenista conquistou uma grande vitória para cima do embalado peruano Juan Pablo Varillas, marcando parciais de 6/4 e 7/5 sobre o cabeça de chave número 12 no saibro de Gayaquil, após 1h45 de embate.

Na final do domingo o paranaense de 19 anos enfrentará o vencedor da segunda semifinal do dia envolvendo o boliviano Hugo Dellien e o argentino Federico Coria, respectivamente o primeiro e o nono mais bem cotados ao título na competição equatoriana. Antes disso, ainda neste sábado, ele disputará a final de duplas ao lado do paulista Pedro Sakamoto, encarando uruguaio Ariel Behar e o equatoriano Gonzalo Escobar.

Atual número 311 do mundo, Wild já havia garantido sua estreia no top 300 mais cedo nessa semana e agora vai subindo ainda mais no ranking. Com a final em Gayaquil, ele ficará bem perto do top 250, indo para o 257º lugar na próxima segunda-feira. O brasileiro vai somando 49 pontos com a final e pode levar 80 com o título, indo assim para 235ª colocação.

O primeiro set foi bastante equilibrado e definido com uma quebra solitária. Wild perdeu dois break-points no quinto game e mais um no nono, quando conseguiu bater o saque do rival peruano. O brasileiro ainda teve o serviço ameaçado duas vezes no décimo e último game, mas se salvou em ambas ocasiões e marcou 1 a 0.

Na segunda parcial o paranaense obteve um break logo no terceiro game, teve seu primeiro match-point no oitavo e depois sofreu um pouco para fechar o jogo. Wild foi quebrado ao sacar em 5/4, reagiu rapidamente e anotou nova quebra sobre Varillas, voltando a servir para o jogo. Ele precisou de mais quatro match-points para enfim alcançar sua primeira final de challenger.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis