Notícias | Dia a dia
Wild e Sakamoto perdem e ficam com o vice de duplas
03/11/2019 às 08h42

Guayaquil (Equador) - Não deu para a dupla 100% brasileira formada pelo paranaense Thiago Wild e pelo paulista Pedro Sakamoto na final do challenger de Guayaquil. Eles foram derrotados na noite de sábado pelos cabeças de chave número 1, o uruguaio Ariel Behar e o local Gonzalo Escobar, caindo em dois tiebreaks e com placar final de 7/6 (7-4) e 7/6 (7-5).

Wild e Sakamoto chegaram a ter vantagem no primeiro set, abrindo 3/1 para cima dos rivais, mas não sustentaram a quebra de frente até o final e viram Behar e Escobar empatarem em 3/3. Depois de salvar um set-point no 12º game, a dupla brasileira caiu no tiebreak, em que amargou dois mini-breaks contra e nenhum a favor.

Na segunda parcial foi a vez do uruguaio e do equatoriano saírem na frente também com 3/1. Assim como na anterior, houve reação de quem estava atrás e novo empate em 3/3, levando a definição mais uma vez para o desempate. Wild e Sakamoto salvaram um match-point, mas não resistiram ao segundo e terminaram com o vice.

Wild decide simples às 19h

Se o título nas duplas não veio, o jovem paranaense terá a chance de redenção em simples. Após bater o embalado peruano Juan Pablo Varillas na semi, ele desafiará o boliviano Hugo Dellien, principal favorito ao título no challenger equatoriano, na decisão deste domingo às 19h (horário de Brasília).

Atual 76 do mundo, Dellien levou a melhor na segunda semifinal do sábado, tendo muito trabalho para derrubar o argentino Federico Coria. O boliviano precisou de 2h54 e três sets para alcançar a vitória, fechando o jogo com o placar final de 6/3, 6/7 (3-7) e 7/6 (9-7).

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis