Notícias | Dia a dia
Com direito a 'pneu', Wild conquista seu maior título
03/11/2019 às 20h31

Wild precisou de seis vitórias na semana, duas sobre top 100, para chegar ao grande título

Foto: Divulgação

Guayaquil (Equador) - Pela primeira vez na carreira o paranaense Thiago Wild conquistou um challenger. O maior título da carreira do jovem tenista veio neste domingo em Guayaquil, com uma vitória com propriedade sobre o boliviano Hugo Dellien, cabeça de chave 1 do torneio, anotando um ‘pneu’ para sacramentar a vitória com placar final de 6/4 e 6/0.

Atual 311 do mundo, Wild não apenas irá debutar no top 300 com a conquista desta semana, mas também irá se colocar entre os 250 melhores do mundo na lista da próxima segunda-feira. Com os 80 pontos somados, ele saltará para a 235ª colocação e será o terceiro melhor do país no ranking da ATP, ficando atrás apenas do cearense Thiago Monteiro e do mineiro João Menezes.

A taça erguida pelo tenista de apenas 19 anos lhe renderá também uma premiação de US$ 7.200, que se juntará aos US$ 1.800 que dividiu com o paulista Pedro Sakamoto com o vice na chave de duplas. Por sua vez, o vice-campeão Dellien levará para casa um cheque de US$ 4.240 e mais 48 pontos no ranking mundial.

O primeiro set começou favorável para o boliviano, que venceu os três primeiros games da partida. Só que depois disso Wild tomou as rédeas do confronto e teve uma atuação dominante. Com uma quebra no quinto e outra no nono, o paranaense venceu seis dos sete games seguintes e abriu 1 a 0 sobre o principal favorito do torneio.

Wild manteve o embalo na segunda parcial, em que deu ainda menos chances a Dellien. Perdendo apenas cinco pontos com o saque, o brasileiro anotou três quebras seguidas e fechou o jogo com um incrível 6/0 para cima do boliviano, atual 76 do mundo, gastando apenas 27 minutos para fechar o set e 1h12 para levar o confronto.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis